Descrição de chapéu The Wall Street Journal

Vendas da Uber sobem em 63% no segundo trimestre, e prejuízo cai

Apesar do lucro, marca enfrenta desafios regulatórios e operacionais que podem inibir crescimento

The Wall Street Journal

Um ano depois de começar na Uber, o presidente-executivo Dara Khosrowshahi mostra sinais de que conseguirá manter o ritmo rápido de crescimento da receita da empresa e ao mesmo tempo conter alguns de seus substanciais prejuízos.

A receita da companhia sediada em São Francisco subiu 63% no segundo trimestre em relação ao mesmo período de 2017, para US$ 2,8 bilhões, e os “bookings” totais, um indicador da demanda geral por seus serviços de transporte de passageiros e entregas, subiram 41%, para cerca de US$ 12 bilhões, de acordo com os resultados divulgados pela Uber.

A empresa reduziu seu prejuízo total a US$ 891 milhões no segundo trimestre, ante US$ 1,1 bilhão no período um ano atrás. Mas o prejuízo foi mais alto que os US$ 550 milhões do primeiro trimestre deste ano, desconsiderados os ganhos de US$ 3 bilhões com a venda das operações da empresa no Sudeste Asiático e na Rússia. A Uber está investindo mais dinheiro em novos negócios, como a entrega de comida e a locação de scooters, disse um de seus porta-vozes.

Pessoa carrega celular com aplicativo da Uber aberto no meio de uma avenida
Apesar do lucro, marca enfrenta diversos desafios regulatórios, competitivos e operacionais que podem prejudicar seu crescimento - Henry Nicholls/Reuters

Khosrowshahi , que substituiu o cofundador Travis Kalanick quando este foi derrubado do comando da empresa em agosto passado, trabalhou para reduzir as despesas, na companhia de serviços de transporte, em preparo para uma oferta pública inicial de ações.

Este ano, ele vendeu subsidiárias deficitárias como a divisão de locação de automóveis da empresa nos Estados Unidos, para a Fair.com, e as operações da empresa no Sudeste Asiático, para a rival Grab.

Em comunicado, Khosrowshahi disse que a Uber planeja continuar investindo em áreas de futuro crescimento como a entrega de comida e os scooters, além de em “mercados de alto potencial no Oriente Médio e na Índia”.

No entanto, o executivo está enfrentando diversos desafios regulatórios, competitivos e operacionais que podem prejudicar o crescimento da Uber.

Na terça-feira, o prefeito de Nova York assinou um pacote de leis que congelam a concessão de novas licenças para carros de transporte pago de passageiros na cidade e estabelecem um pagamento mínimo para os motoristas no maior mercado da Uber nos Estados Unidos. Seattle também está considerando criar um patamar mínimo de renda para os motoristas.

Khosrowshahi também teve de enfrentar uma crise na deficitária divisão de carros autoguiados da companhia, depois de um atropelamento fatal por um dos carros robotizados da Uber, em março.

A empresa eliminou centenas de empregos para motoristas de teste e encerrou suas operações no Arizona, e alguns dos investidores da Uber questionaram se ela deveria continuar a bancar essa dispendiosa empreitada.

A empresa também está enfrentando concorrência séria da parte de outras empresas de transporte de passageiros em todo o mundo, incluindo os Estados Unidos, onde a Lyft, uma rival de menor porte, vem ganhando mercado.

A Lyft recentemente arrecadou US$ 600 milhões em capital, e a avaliação de seu valor de mercado dobrou ante o ano passado, para US$ 15,1 bilhões. Essas empresas estão lutando para controlar o futuro dos transportes, investindo bilhões de dólares em veículos autônomos ainda não comprovados e adquirindo tecnologias e concorrentes que oferecem bicicletas e scooters para locação em rotas curtas de grandes cidades.

Khosrowshahi disse que tem planos de abrir o capital da Uber no segundo trimestre de 2019, em uma operação que deve ser uma das maiores dos últimos anos. Os investidores avaliam o valor de mercado da Uber em US$ 70 bilhões, o que faria dela a empresa de tecnologia de capital fechado mais valiosa do planeta.

O quadro executivo da empresa continua desguarnecido em diversos postos importantes, entre os quais a vice-presidência de finanças, vaga desde 2015. Khosrowshahi esperava chegar a acordo com Zane Rowe, vice-presidente de finanças da VMware, que deu a entender alguns meses atrás que não aceitaria o posto, disseram ao The Wall Street Journal pessoas informadas sobre o assunto.

A maior parte do faturamento da Uber vem das comissões sobre o valor de cada corrida que ela intermedeia. A receita líquida da empresa equivale agora a 23% de seus “bookings” - ante 20% no ano passado - o que sinaliza que ela está extraindo mais dinheiro de cada corida. A Uber está gastando menos dinheiro com descontos aos passageiros e incentivos aos motoristas.

Um “booking” é o valor total de uma corrida antes que a Uber receba sua comissão. O crescimento dos “bookings” da Uber se desacelerou no segundo trimestre, para 41% ante 55% no primeiro trimestre deste ano.

As reservas de caixa da Uber cresceram em cerca de US$ 1 bilhão no período, para US$ 7,3 bilhões no final de junho.

Tradução de PAULO MIGLIACCI

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.