Descrição de chapéu The Wall Street Journal

Microsoft muda regra para seus fornecedores

Decisão afetará milhares de trabalhadores no país, segundo a companhia

LAUREN WEBER
Nova York | The Wall Street Journal

A Microsoft vai passar a exigir que seus fornecedores e subcontratados ofereçam ao menos 12 semanas de licença-maternidade e licença-paternidade remunerada aos trabalhadores que venham a ter filhos nos Estados Unidos.

A norma se aplica aos fornecedores com mais de 50 empregados e cobre os trabalhadores que realizem funções ligadas à gigante, como uma agência de recursos humanos que selecione profissionais de tecnologia da informação para a Microsoft, por exemplo.

A decisão afetará milhares de trabalhadores no país, segundo a companhia.

A licença familiar remunerada será limitada a US$ 1 mil (R$ 4,1 mil) por semana e os fornecedores terão 12 meses para implementar a mudança.

Prédio da Microsoft próximo a Times Square, em Nova York - AFP
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.