Descrição de chapéu The Wall Street Journal

Confira os melhores eletrônicos de 2018

The Wall Street Journal faz sua seleção de smartphones, videogames, alto-falantes inteligentes e brinquedos

Wilson Rothman, Joanna Stern e David Pierce
Nova York

A grande oferta de produtos tecnológicos vendidos como inovadores e imperdíveis pode confundir consumidores na corrida por presentes para as festas de fim de ano. 

The Wall Street Journal testou lançamentos recentes que devem resistir à moda nas prateleiras —ou se manter úteis até a chegada de versões mais modernas, como é o caso dos celulares.

Videogames, alto-falantes inteligentes e serviços como bloqueadores de chamadas fazem parte da lista de melhores produtos de 2018.

Alguns itens não têm previsão de lançamento no Brasil, mas o sucesso lá fora pode estimular que os conceitos logo sejam replicados por aqui.

Google Pixel 3

Usuários que buscam um smartphone que não seja da Apple podem gostar do Pixel 3, novo smartphone Android desenvolvido pela Google. Projetado para competir com iPhones e telefones Samsung Galaxy, ele tem funções como filtro de chamadas contra o telemarketing.

Suas câmeras frontal e traseira estão melhores do que nunca, em especial para fotografar com pouca luz e fazer selfies. Custa US$ 799 (cerca de R$ 3.090) ou mais.

Lego Batmobile

Depois de longa espera, apreciadores da Lego podem comandar pelo celular os brinquedos que montam. O Batmobile é dirigido por aplicativo no celular. O design de rodas grandes é favorável ao uso em tapetes e outras superfícies de condução complicadas.

O material mais robusto colabora para que uma curva acentuada não termine com a clássica cena de peças de Lego espalhadas no chão. O brinquedo é vendido a US$ 100 (cerca de R$ 390).

iPhone XR

O XR é o iPhone mais acessível entre os (salgados) lançamentos da Apple em 2018. O aparelho tem uma enorme tela LCD de 6,1 polegadas, o novo processador A12 Bionic, um sistema de câmera frontal com Face ID e uma bateria que dura o dia inteiro. O smartphone incorporou o design de tela inteira do XS e do XS Max, modelos mais caros, embora perca as câmeras duplas e o display OLED ultranítido.

No Brasil, custam R$ 5.199 (64 GB), R$ 5.499 (128 GB) e R$ 5.999 (256 GB). Há seis opções de cores disponíveis: branco, amarelo, vermelho, coral, preto e azul.

YubiKey 5 Security Key

A YubiKey é uma chave de segurança física que permite que seus serviços on-line saibam que você realmente está fazendo login, e não algum hacker ou ladrão de identidade. Ela funciona na maioria dos computadores e é compatível com muitos serviços populares da web, como o Facebook e o Google.

Também funciona com telefones Android. Nos EUA, custa US$ 45 (R$ 173, sem impostos).

Garrafa inteligente da Ember

Lançada há poucos anos, a garrafa inteligente da Ember continua quente no mercado. Com sensores de temperatura e um aquecedor para manter cafés e chás na temperatura ideal, a garrafa é conectada ao smartphone do usuário, que ajusta a temperatura e acessa informações como seu consumo de cafeína.

Ela custa US$ 150 (R$ 580) e é vendida em lojas da Starbucks. Não há entrega no Brasil. Por aqui, consumidores podem optar por canecas que, ligadas ao computador via USB, esquentam as bebidas fora de casa. 

Echo Dot e Google Home Mini

O Echo Dot, da Amazon, e o Google Home Mini, da Google, são versões pequenas de alto-falantes inteligentes, com uma boa qualidade de áudio. Com eles, é possível ouvir música, pedir Uber e pizza. Brasileiros devem optar pelo segundo, adaptado ao português. Eles custam em torno de US$ 50, mais de R$ 200 com encargos.

Nintendo Labo Toy

O Nintendo Switch foi um grande sucesso no ano passado, e agora a marca ultrapassa os limites do que o poderoso console portátil pode fazer. Os kits Labo são máquinas de papelão que devem ser construídas à mão e que se integram aos sensores e processadores do console, criando “consoles de brinquedos”.

Comece com o Variety Kit e depois passe para o Robot Kit e para o Vehicle Kit. Cada kit custa cerca de US$ 60 (R$ 230, sem impostos).

Carregador wireless da Mophie

Carregadores de bateria portáteis podem salvar o dia de trabalho para quem depende do smartphone e esquece cabos ou o carregador em casa. A nova versão da Mophie independe de cabo se o usuário tiver um iPhone mais novo, o Google Pixel ou o Samsung Galaxy.

Basta colocar o aparelho sobre o dispositivo que a transferência de energia acontece de modo automático e em alta velocidade. O acessório detecta a potência máxima de carregamento de cada dispositivo. Ele é vendido a US$ 80 (cerca de R$ 310) em lojas online.

Kindle Paperwhite à prova d’água

O Paperwhite, da Amazon, é um aparelho de leitura de plástico leve com uma tela de seis polegadas. É fácil de usar, e sua bateria dura mais de um mês. A nova versão tem o dobro do armazenamento e a capacidade de ler audiolivros —quando emparelhado com um alto-falante bluetooth ou com fones de ouvido.

A melhor novidade é sua resistência à água, o que permite que os usuários leiam na piscina. A previsão é que o aparelho chegue ao Brasil no primeiro trimestre de 2019. Custa US$ 130 (cerca de R$ 500).

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.