Descrição de chapéu The Wall Street Journal

Termina série de lucros recordes na Amazon

Custos de remessa e perda maior em negócios de varejo no exterior pesam sobre os ganhos

The Wall Street Journal

A série de lucros trimestrais recordes da Amazon terminou, pois o varejista online enfrenta custos de frete mais altos, crescimento desacelerado de seus negócios de computação em nuvem e uma perda mais acentuada nos negócios de varejo no exterior.

O lucro da companhia no segundo trimestre subiu 3,6% em relação ao ano anterior, para US$ 2,63 bilhões, depois de mais que dobrar no último trimestre. Ela não cumpriu a estimativa consensual dos analistas. A Amazon registrou seu melhor lucro histórico nos últimos quatro trimestres.

Os custos de remessa da Amazon aumentaram 36% em relação ao ano anterior —depois de pairar acima de 20% nos últimos trimestres—, em parte porque a Amazon investiu US$ 800 milhões para tornar o frete gratuito em um dia o padrão para os membros Prime, em vez de dois dias.

Os custos gerais da empresa aumentaram 21%, em parte porque incorreram em despesas relacionadas a remunerações no trimestre.

As vendas da Amazon cresceram 20%, para US$ 63,4 bilhões, em seu segundo trimestre, relançando o crescimento trimestral, depois de encolher nos últimos quatro períodos.

Os resultados fizeram com que as ações da Amazon caíssem 2,7% no pregão pós-horário na quinta-feira (25), para US$ 1.921 por ação. Antes do relatório no fim da tarde, a ação subia 30% no ano, dando à companhia um valor de mercado de cerca de US$ 981 bilhões.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.