Zoom vai lançar atualização de aplicativo com criptografia melhorada

Medida vem após diversos relatos de falhas que permitiam acessos aos vídeos feitos na plataforma

Bangalore (Índia) | Reuters

A Zoom Video anunciou nesta quarta-feira (22) que fará uma atualização dos recursos de criptografia em seu aplicativo de videoconferência para proteger melhor os dados das reuniões e oferecer resistência a fraudes.

A nova versão do aplicativo, Zoom 5.0, será lançada dentro de uma semana, informou a empresa em comunicado.

A Zoom, que subiu de 10 milhões para 200 milhões de usuários diários em menos de três meses, enfrentou uma reação negativa dos usuários depois que especialistas de segurança encontraram falhas na plataforma e a empresa não divulgou que o serviço não era criptografado de ponta a ponta.

Logo da Zoom em uma tela com fundo azul
Nova atualização da plataforma Zoom vem depois de diversos relatos de falhas que permitiam acesso aos vídeos feitos na plataforma - Olivier Douliery/AFP

Segundo uma reportagem do jornal americano Washington Post divulgada em abril, vídeos teriam sido gravados por meio do Zoom e salvos na nuvem em servidores do software sem necessidade de senha para o acesso.

Essa não foi a primeira falha de segurança do programa a ser revelada. Também no início de abril o jornal The New York Times afirmou que um recurso de mineração de dados na plataforma permitia que participantes das vídeo chamadas acessassem dados do perfil de LinkedIn de outros usuários de maneira oculta.

Em 30 de março, o escritório do FBI em Boston já havia emitido um aviso sobre o Zoom que dizia aos usuários para não tornar públicas as reuniões na plataforma e não compartilhar links amplamente. O alerta foi dado depois de dois relatos de indivíduos não identificados invadindo aulas digitais de escolas.

O fundador do Zoom, Eric Yuan, afirmou para a agência de not[icias AFP, no início de abril, que reconhecia não ter atingido as expectativas de privacidade e segurança da comunidade e disse que leva a vida privada, a segurança e a confiança de seus usuários muito à sério.

Ainda segundo Yuan, a equipe da plataforma trabalha para 24 horas por dia para garantir que hospitais, universidades, escolas e outras empresas possam estar conectadas e funcionando.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.