Descrição de chapéu google internet

Câmeras de smartphones do Google vão medir respiração e batimentos cardíacos

Empresa espera lançar o recurso para outros smartphones Android; data ainda não foi definida

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Reuters

Câmeras dos smartphones Google Pixel serão capazes de medir batimentos cardíacos e de respiração a partir do próximo mês, em uma das primeiras aplicações da tecnologia de inteligência artificial da Alphabet em seus serviços de bem-estar.

Aplicativos de saúde disponíveis na loja Google Play e na App Store da Apple há anos fornecem a mesma funcionalidade. Mas um estudo em 2017 descobriu que a precisão varia e a adoção dos aplicativos continua baixa.

Chefes do Google Health disseram no início desta semana que avançaram com a inteligência artificial que alimenta as medições e planejam detalhar seu método e teste clínico num artigo acadêmico nas próximas semanas.

O Google Pixel 4 durante lançamento em Nova York, Estados Unidos - Eduardo Munoz - 15.out.2019/Reuters

A empresa espera lançar o recurso para outros smartphones Android em uma data não definida, mas os planos para iPhones não são claros.

O Apple Watch, o Fitbit do Google e outros dispositivos expandiram muito o alcance de tecnologias que medem a frequência cardíaca de maneira contínua para uma população muito maior.

Com o método revelado agora, os usuários que desejam medir seu pulso colocam o dedo sobre a lente, que capta mudanças sutis de cor que correspondem ao fluxo sanguíneo. A respiração é calculada a partir do vídeo dos movimentos do tronco superior.

O diretor de produtos do Google Health, Jack Po, disse que a empresa quer oferecer uma opção às verificações manuais de pulso para donos de smartphones que desejam monitorar sua condição apenas ocasionalmente, mas não podem pagar por um wearable.

O novo recurso estará disponível como uma atualização para o aplicativo Google Fit.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Leia tudo sobre o tema e siga:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.