Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
04/11/2012 - 12h00

Projeto de reconstrução de monumentos causa polêmica na Macedônia

DA ASSOCIATED PRESS

Um projeto de reconstrução de marcos históricos no centro de Skopje, capital da Macedônia, tem causado polêmica. A cidade foi devastada por um terremoto em 1963, quando vários de seus monumentos e prédios foram destruídos.

O projeto, intitulado Skopje 2014, inclui a construção de uma série de monumentos, fontes, prédios e pontes.

Muitos macedônios têm criticado a ação por acreditarem se tratar de uma maneira de desviar a atenção dos verdadeiros problemas do país.

Com uma economia devastada, as taxas de desemprego rondam os 30% no país.

O projeto, iniciado em 2008, gerou controvérsia devido ao preço da construção de 20 novos prédios e 40 monumentos, num valor total estimado que varia entre €80 milhões a €500 milhões. Os valores divulgados pelo governo divergem dos dados não oficias.

Muitos afirmam que esse dinheiro poderia ser gasto na construção de moradias, fábricas e estradas. De outro lado, muitos macedônios dizem que as obras são uma questão de orgulho nacional.

A principal peça em construção é uma estátua de bronze de 28 metros instalada no ano passado chamada "Warrior on a Horse" (O guerreio a cavalo, em tradução livre) --um monumento que lembra muito Alexandre, o Grande, o herói grego.

O governo foi cuidadoso ao não batizar a obra com o nome de Alexandre, o Grande já que Grécia e Macedônia travam uma disputa pelo direito da herança histórica do guerreiro.

Georgi Licovski/Efe
Estátua "O guerreio a cavalo" é instalada em Skopje, na Macedônia; revitalização de monumentos causa polêmica
Estátua "O guerreio a cavalo" é instalada em Skopje, na Macedônia; revitalização de monumentos causa polêmica
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Voltar ao topo da página