Descrição de chapéu Álbum de viagem Itália

Fotógrafa brasileira registra ilha de sossego na muvuca da Sicília, na Itália

Fernanda Frazão encontrou silêncio em Levanzo mesmo durante a alta temporada

Foto aérea que mostra o mar Mediterrâneo e um pouco da praia. Na praia, há algumas pessoas e guarda-sóis coloridos. O mar tem água turquesa e clara, aparentemente raso
Praia Cala Tramontana em Levanzo, a menor das ilhas Égadi na costa da Sicília, na Itália, no mar Mediterrâneo - Fernanda Frazão
São Paulo

A cineasta e fotógrafa paulista Fernanda Frazão, 32, visitou duas vezes a região da Sicília, na Itália. Ela garante que a região é ideal para quem procura sossego.

A última viagem, em agosto de 2017, durou 18 dias —cinco deles na pequena ilha de Levanzo, que pertence ao arquipélago de Égadi, localizado no meio do mar Mediterrâneo.

Frazão diz que Levanzo costuma ser procurada por turistas apenas para um passeio bate e volta, já que não tem grandes hotéis ou variedade de restaurantes. Geralmente, ficam em Favignana, a maior das ilhas, ou em Trapani, cidade costeira de onde saem os barcos rumo ao arquipélago.

Justamente por isso, a fotógrafa indica o local para quem busca tranquilidade. Ela chegou a dormir em uma barraca armada na praia Caia Minnola, a mais tranquila da ilha, onde afirma ser possível observar estrelas com facilidade.

Para ela, quase todas as praias da ilha são boas para banho. A de Cala Camaro é silenciosa e mais procurada no fim da tarde, pelo pôr do sol, diz.

Mesmo que o turista passe apenas um dia em Levanzo, Frazão recomenda fazer um passeio de barco que circunda a ilha. "Dura de uma a duas horas e dá para ver grutas lindíssimas."

Além de Levanzo, ela passeou por Palermo, principal cidade da região siciliana, e pelo sítio arqueológico Selinunte, na porção sul da ilha, famoso por abrigar ruínas de cinco templos gregos.

Frazão expôs uma série de fotografias sobre um cruzeiro pelo rio Negro, no Museu da Imagem e do Som, em São Paulo, e está preparando o lançamento de seu primeiro documentário, "Chega de Fiu Fiu", que trata de assédio sexual em espaços públicos.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.