São Paulo

O Pantanal é uma planície alagada onde convivem jacarés, onças e outros animais

Apresentação: É dividido em duas regiões. Há o norte, próximo a Cuiabá (MT), com um terço da área do bioma, e o sul, maior, que tem como base as cidades de Miranda e Corumbá (MS), onde estão a maior parte das fazendas que recebem os turistas.

Quando ir: Para ver os animais, a melhor época é o inverno, de julho a setembro, quando o nível dos rios está baixo. Se o foco da viagem é a pesca esportiva, os melhores meses são março e abril (a pesca só é liberada entre março e setembro), quando os rios estão mais cheios.

O que fazer: Grande parte das atividades envolve a observação de bichos da região: de passeios de carro e de barco a focagem noturna de onças, passando por cavalgadas em regiões alagadas e pesca esportiva. Percorrer a rodovia Transpantaneira, no Pantanal Norte, e a Estrada Parque, no Pantanal Sul, experimentar a culinária do Pantanal, com peixes locais preparadas fritos, assados ou ensopados.

Como chegar: Se o destino é o Pantanal Norte, melhor voar até Cuiabá e seguir de carro pela BR-070 até Cáceres e Poconé. Outra cidade de acesso à região é Barão do Melgaço (pegue a BR-364 em Cuiabá e depois a estrada de terra MT-361). Já Campo Grande é o ponto de partida para o Pantanal Sul. De lá, siga pela BR-262 até Corumbá, passando por Aquidauana e Miranda.

Confira o que fazer nos 50 destinos eleitos pelo júri de Turismo

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.