São Paulo

A região metropolitana do Porto, no norte de Portugal, tem mais de 1,7 milhão de habitantes, o que só a deixa atrás de Lisboa no quesito de maiores cidades do país. Por lá passa o rio Douro, e a região às margens de suas águas, a Ribeira, concentra restaurantes e garante uma bela vista do rio e da ponte Dom Luís.

O que fazer: Fotografar a Torre dos Clérigos e subir até seu topo para ver a cidade, passear de barco pelo rio Douro e admirar suas pontes, visitar as adegas de vinhos do Porto, que ficam na vizinha Vila Nova de Gaia (basta atravessar uma das pontes que cortam o rio Douro), conhecer o parque da Cidade, visitar o Serralves, um dos melhores museus de Portugal, caminhar pelas ruas do centro histórico, atravessar a ponte Dom Luís a pé e aproveitar o pôr do sol com vista para o rio Douro.

O que comer: Como em Portugal como um todo, come-se muito bem no Porto. O peixe é muito presente, principalmente o bacalhau, mas também há outros frutos do mar, como polvo e vieiras. Dois bons restaurantes são o Cafeina, que tem cardápio variado, e o Pedro Lemos, do chef de mesmo nome, que tem uma estrela Michelin. A cidade também tem ótimas pastelarias, para provar o pastel de nata e outros doces, e diversos cafés.

Sinta-se lá: O filme "Porto" (2015), do diretor brasileiro radicado nos Estados Unidos Gabe Klinger, conta a história de um casal de estrangeiros (ele é americano, ela, francesa) que vivem uma paixão na cidade portuguesa.

Confira o que fazer nos 50 destinos eleitos pelo júri de Turismo:

 
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.