Descrição de chapéu Global Media

Campo de concentração de Auschwitz tem recorde de visitantes

Mais de 2,15 milhões de pessoas passaram pelo local, na Polônia, em 2018

Letreiro de ferro em portão de campo de concentração nazista
Letreiro de ferro com os dizeres Arbeit macht frei (o trabalho liberta, em alemão) na entrada principal do antigo campo de extermínio de Auschwitz, na Polônia - Kacper Pempel - 28.jan.18/Reuters
O JOGO

Mais de 2,15 milhões de pessoas visitaram no ano passado o antigo campo de concentração de Auschwitz-Birkenau, na Polônia, o que representa um recorde histórico.

Foram 50 mil visitantes a mais que o total registrado em 2017, ano em que o local também havia batido recorde de público.

Mais de 400 mil dos visitantes em 2018 são da própria Polônia. Os britânicos vêm em segundo lugar (281 mil visitantes), seguidos por americanos (136 mil),  italianos (116 mil), espanhóis (95 mil), alemães (76 mil), franceses (69 mil) e israelenses (65 mil).

Auschwitz-Birkenau foi um dos muitos campos de concentração construídos e operados pela Alemanha Nazista em território polonês durante a Segunda Guerra Mundial. Estima-se  que 1 milhão de judeus tenha sido assassinado ali entre 1940 e 1945.

 Leia mais no O JOGO

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.