Veneza exigirá que turistas façam reservas antes de visitar a cidade

Objetivo é consegui prever fluxo de visitantes e combater turismo em massa

São Paulo

O prefeito de Veneza, Luigi Brugnaro, planeja exigir reservas prévias de turistas que queiram visitar a cidade, segundo o jornal italiano La Repubblica. A proposta, apresentada na última segunda (4), é a última de uma série de medidas adotadas para conter o turismo em massa

A multa para descumprimento pode chegar a € 450 (cerca de R$ 1.900).

O prefeito explicou que a ideia é conseguir saber, com antecedência, o número de visitantes, além de facilitar a cobrança da taxa de ingresso anunciada no fim do ano passado.

Em setembro último, o município passou a multar em até € 500 (R$ 2.110) os turistas que se sentam no chão de locais públicos.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.