Descrição de chapéu Destinos

Aproveite o São João no Nordeste para conhecer parques naturais e museus

Em Arcoverde (PE), turista pode combinar shows com visita ao Vale do Catimbau

Joana Suarez
Recife

Para entender por que o São João, celebrado em 24 de junho, é feriado sagrado dos nordestinos --não só no sentido santo-- é preciso rumar ao interior dos estados e passear pelo sertão.

Nessa época, o cheiro constante de fumaça nos municípios sertanejos é sinal de que as fogueiras estão queimando em homenagem a São João, como cantava Luiz Gonzaga.

As chamas ardem nas portas das casas, acompanhadas pelo forró vindo das radiolas. Também há fogueiras gigantescas, como a do Parque do Povo, em Campina Grande, na Paraíba, que afirma ter o maior São João do mundo

Os pernambucanos de Caruaru contestam o título e dizem que sua festa é maior e melhor. Nessa disputa, a cidade paraibana aumentou o espaço do evento neste ano, totalizando 46 mil metros quadrados. O evento reunirá cem atrações musicais, que se apresentarão durante um mês, a partir de sexta (7). Tudo de graça, como todo São João tradicional do Nordeste. 

O axé de Ivete Sangalo abre a agenda de shows em Campina Grande. O encerramento, em 7 de julho, fica a cargo da sertaneja Marília Mendonça.

Mas também vai ter muito forró. A homenageada de 2019, a paraibana Elba Ramalho, por exemplo, toca no dia 23, véspera da comemoração do São João. 

A festa paraibana recebeu R$ 15 milhões de investimentos público e privado, e a expectativa é atrair 2 milhões de visitantes. Três novos hotéis se instalaram na cidade.

A vigilância no evento também aumentou. O número de câmeras espalhadas pela área da festa passou de 120, em 2018, para 265 neste ano.

A imersão na cultura junina das cidades do interior é a grande atração da época, mas, se estiver em Campina Grande e bater vontade de ver o mar, João Pessoa está a apenas 130 quilômetros. Na capital, a praia do Coqueirinho e a região de Cabedelo são pontos para observar o pôr do sol.

Também no sertão pernambucano, Arcoverde, a 250 quilômetros do Recife, prepara uma festa com o tema "Os mestres da sanfona na capital do São João", que reunirá dez sanfoneiros históricos.

Por lá, a apresentação da banda Cordel do Fogo Encantado já é tradição desde 2001. O grupo surgiu na cidade e sempre volta em junho para se apresentar no polo Multicultural da festa. 

Há também uma área dedicada a grupos de samba de coco, dança típica do sertão de Pernambuco.

Em Arcoverde, é possível conciliar as noites de shows com um passeio no Vale do Catimbau, um dos maiores parques nacionais, com 62 mil hectares. Localizada a uma hora da cidade, a reserva abriga serras, sítios arqueológicos, grutas e pinturas rupestres com mais de 6.000 anos.

Nessa época, a capital pernambucana também ganha ares de interior e decoração de São João. Em junho, quase só se ouve forró pela cidade, com algumas exceções para outros ritmos, como xaxado e ciranda. 

Entre os dias 12 de junho e 7 de julho, Recife comemora o "São João da Paz", com mais de 290 apresentações de artistas locais em 37 arraiais. 

O turista também pode participar de celebrações tradicionais. Em 28 de junho acontece o desfile das bandeiras juninas, no bairro do Recife, e, no dia 29, a comemoração de São Pedro, o padroeiro dos pescadores, ocupa Brasília Teimosa, área na beira da praia da cidade.

Entre um arrasta-pé e outro, o visitante pode conferir alguns pontos tradicionais da capital pernambucana. Com 2.000 metros quadrados de área, o Museu Cais do Sertão, localizado no bairro do Recife Antigo, trata da cultura e dos personagens sertanejos. Às terças, a entrada é gratuita. Separe ao menos uma tarde para a atração.

Descendo mais um pouco no mapa, a fogueira também é acesa em Aracaju (Sergipe), no feriado municipal do dia 24 de junho (Dia de São João), para uma das festas mais esperadas do ano, o Forró Caju.

O evento se autointitula a festa de todos, "quebrando fronteiras sociais e preferências individuais". A prefeitura ainda não divulgou a programação, mas promete apresentações de artistas de todos os ritmos, do autêntico forró ao estilo conhecido como universitário.

No próximo dia 13, ocorre na capital sergipana a famosa procissão que sai da Colina do Santo Antônio, marco inicial da cidade, e percorre várias ruas do bairro, em homenagem ao santo casamenteiro que dá nome à área. 

Para conhecer outros pontos da cidade, vale pegar uma carona na Marinete do Forró, um ônibus em estilo jardineira que oferece passeios gratuitos às quintas, às sextas e aos sábados. Tudo acompanhado por um trio de forró pé de serra e um casal de dançarinos.


Veja a programação das festas deste ano

Aracaju
O evento vai acontecer na área dos mercados centrais da cidade nos dias 23, 24, 28 e 29 de junho. São esperadas cerca de 120 mil pessoas por noite. 
Destaque para o Arraiá do Povo, na orla da Atalaia, um dos pontos principais da festa, com atrações locais e nacionais, apresentações de quadrilha junina, grupos folclóricos, shows e comidas típicas

Arcoverde
A festa na cidade começa no dia 21 junho e vai até o dia 29 do mesmo mês, com shows todos os dias. O valor investido é de, aproximadamente, R$ 2,5 milhões. A prefeitura espera receber 50 mil pessoas por dia. 
A programação ainda está sendo fechada, mas já estão previstos shows com a banda Aviões do Forró, Alceu Valença e o cantor sertanejo Leonardo

Campina Grande
Serão cem atrações de 7 de junho a 7 de julho. Elba Ramalho vai cantar com convidados no dia 23. Apresentam-se também: Wesley Safadão, Xand Avião, Alceu Valença, Márcia Fellipe, Léo Santana, Gusttavo Lima, Joelma e Aldair Playboy

Caruaru
A festa começou em 1º de junho e vai até o dia 30 do mesmo mês. Entre os shows previstos estão os de Alceu Valença, Dorgival Dantas, Marília Mendonça, Alok, Léo Santana e Bruno e Marrone

Mossoró
O Mossoró Cidade Junina acontece de 8 a 29 de junho. A festa vai do sertanejo ao forró. Entre os shows programados estão os de Elba Ramalho, Wesley Safadão, Mastruz com Leite, Fagner, Alceu Valença e Nayara Azevedo

Recife
Começa em 12 de junho e termina em 7 de julho. O evento contará com apresentações de quadrilha, celebrações da tradição de matriz africana e festa de pescadores. Principais atrações: Nando Cordel, Geraldinho Lins, Silvério Pessoa, Genival Lacerda, Glorinha do Coco e Petrúcio Amorim


Pacotes

R$ 627
4 noites em Caruaru (PE), na Flot Viagens (flot.com.br
Hospedagem em quarto duplo, com café da manhã. Saída de Recife. Sem aéreo

R$ 651
4 noites em Recife (PE), na TZ Viagens (tzviagens.com.br)
Hospedagem em quarto duplo, com café da manhã. Com city tour por Recife e Olinda. Sem aéreo

R$ 2.028
6 noites em Campina Grande (PB), na CVC (cvc.com.br
Hospedagem em quarto duplo, com café da manhã. Inclui passeios. Com aéreo saindo de São Paulo

R$ 2.161 
3 noites em Aracaju (SE), na RCA Turismo (rcaturismo.com.br)
Saída em 23 de junho. Hospedagem em quarto duplo, com café da manhã. Com city tour. Inclui aéreo (sem taxa de embarque)

R$ 2.170
4 noites em João Pessoa (PB), na Abreu (abreutur.com.br)
Saída em 26 de junho. Hospedagem em quarto duplo, com café da manhã. Com passeios. Inclui aéreo

R$ 2.450 
5 noites em Recife e Caruaru (PE), na Maringá Turismo (maringalazer.com.br)
Saída em 21 de junho. Hospedagem em quarto duplo, com café da manhã. Três noites em Recife e duas em Caruaru. Com locação de veículo (econômico com ar). Inclui aéreo

R$ 2.520 
3 noites em Maceió (AL), no Pratagy Beach All Inclusive Resort Wyndham (pratagy.com.br)
Hospedagem em quarto duplo, com sistema all-inclusive. O resort oferece festa junina aos hóspedes nos sábados de junho. Sem aéreo

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.