Descrição de chapéu Álbum de viagem

Ensaio fotográfico questiona relação do turista com os ambientes

Americano Stephen Wilkes junta dia e noite em uma única imagem

Campo de tulipas na Holanda

Campo de tulipas na Holanda Stephen Wilkes

Brenda Zacharias
São Paulo

Desde 2009, o americano Stephen Wilkes passa até 36 horas fotografando um único ponto turístico escolhido no mundo. A ideia é tentar resumir em uma só imagem o efeito da passagem do tempo no local, desde mudanças na luz até o vaivém das pessoas. O trabalho resultou na série "Day to Night" (do dia à noite).

Wilkes diz que faz até 1.500 fotos em cada maratona de trabalho num mesmo espaço. Depois, ele seleciona cerca de 50 cliques que contam os principais acontecimentos do dia, recorta digitalmente as partes mais interessantes e monta uma só imagem.

A lista de lugares fotografados inclui o Vaticano na Páscoa, em 2016, e a cidade de Washington, nos EUA, no dia da segunda posse de Barack Obama, em 2012.

O objetivo, afirma, é que as imagens convidem o turista a repensar sua relação com o ambiente. "Estamos cada vez mais distraídos. As pessoas chegam a um monumento, tiram uma foto rápida e seguem para o próximo", diz.

Em agosto, Wilkes lançou um livro, também intitulado "Day to Night". Publicada pela editora Taschen, a obra tem 60 imagens e pode ser encontrada no site bit.ly/2TazqVY.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.