Companhias low cost lançam voos diretos de Salvador a Santiago

Empresas chilenas Sky e JetSmart iniciaram suas rotas no final de dezembro

São Paulo

​Duas companhias aéreas de baixo custo, as chamadas low cost, começaram a operar voos diretos de Santiago, no Chile, para Salvador

A primeira a iniciar a rota, na última quinta (26), foi a Sky, que voltou a voar ao Brasil em novembro de 2018 —a empresa havia deixado o país em 2016, após um ano de operações para São Paulo. 

Agora, a Sky trabalha com quatro rotas entre o Chile e o Brasil. Além de voar para Salvador, a companhia já liga a capital chilena a Florianópolis, São Paulo e Rio de Janeiro. A rota baiana é sazonal e deve funcionar até março. São três voos semanais.

Na sexta (27), foi a vez da também chilena JetSmart dar início à operação entre Santiago e Salvador. 

O voo marcou a primeira incursão da empresa no Brasil. A JetSmart já vende passagens de Santiago para Foz do Iguaçu, que vai receber seu primeiro voo nesta sexta (3), e São Paulo. O trecho para a capital paulista começa a operar em 20 de março. 

Diferentemente da oferecida pela Sky, a rota da JetSmart para Salvador vai funcionar o ano todo. O que deve mudar é o número de viagens. A companhia vai voar entre a capital chilena e a baiana de duas a quatro vezes por semana, sendo que número máximo de voos vai acontecer em janeiro e fevereiro. 

As empresas trabalham com aviões Airbus A320neo, para cerca de 190 passageiros.

Em consulta nos sites das companhias, é possível encontrar voos de Salvador para Santiago em fevereiro a partir de US$ 392 (R$ 1.581) na Sky e R$ 1.000 na JetSmart. 

Como as empresas operam no sistema low cost, o bilhete inclui apenas um item pessoal (bolsa ou mochila). Para viajar com mala na cabine ou despachar bagagem, é preciso pagar um valor adicional. 

Gol e Latam também fazem o trecho, mas com escalas.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.