Suba a Serra Gaúcha atrás de aventura, mordomia ou paz de monastério

Perto das turísticas Canela e Gramado, pequena São Francisco de Paula oferece beleza natural e sossego

São Francisco de Paula (RS)

Difícil pensar em Serra Gaúcha sem associá-la aos 6,5 milhões de turistas que vão a Gramado e Canela todos os anos, ou aos quase 2 milhões que circulam na sua porção mais italiana, Bento Gonçalves e arredores.

Mas a serra tem outros encantos, em uma área que é sossegada mesmo nos períodos considerados “alta estação” (fim de ano e inverno). 

A 125 km de Porto Alegre e 36 km de Canela, a pequena São Francisco de Paula, de colonização portuguesa, é ponto de partida de um roteiro que engloba aventura, natureza, cultura, hotéis de charme e gastronomia de primeira.

Tropeiros que receberam terras da Coroa se fixaram lá no século 18. O fundador, capitão Pedro da Silva Chaves, de Lisboa, se casou com a paulista Gertrudes de Godoy e deixou descendentes. A historiadora Maria Lucia Teixeira, de lá, diz que não se sabe por que São Francisco de Paula não atraiu grandes levas de alemães no século seguinte, como aconteceu com as vizinhas Gramado e Canela.

A estrada entre Porto Alegre e São Chico (como a cidade é chamada pelos moradores) é estreita, sem acostamento, ladeada por hortênsias.

Um dos passeios mais procurados, ao lado do Parque 8 Cachoeiras, o Circuito das Águas começa em São Chico e termina em Cambará do Sul, 70 km adiante. 

O trajeto em estrada de terra, que segue o traçado do rio Tainhas, exige veículo com tração 4x4. Em dois pontos, o rio é tão raso que é possível passar de carro por dentro d’água. A primeira parada, Passo da Ilha, é a mais convidativa para qualquer perfil de aventureiro. Quem corta o rio de carro pode estacionar no meio da travessia e molhar os pés já ao descer do veículo. Há miniescorregas e piscinas naturais para as crianças.

Cerca de 14 km à frente chega-se ao Passo do S, onde a brincadeira é para gente grande. O motorista que atravessar o rio deve obedecer rigorosamente as demarcações, sob o risco de ser levado pela correnteza. -

Ao alcançar a outra margem, o visitante é presenteado com a visão de uma cachoeira caudalosa, que pode ser cruzada a pé pela parte mais alta.

O circuito se encerra na Cachoeira dos Venâncios. Lá as águas são mais mansas, há piscinas naturais e estrutura para piquenique e churrasco.

Tanto em São Chico quanto em Cambará do Sul é fácil contratar jipes ou picapes 4x4 com guias especializados.

 A E Passeios Turismo (epasseiosturismo.com.br) cobra R$ 350 por pessoa, incluindo piquenique com sanduíches, frutas e sucos. Cabem quatro pessoas no carro, fora o guia. 

Depois de um dia de aventura no Circuito das Águas, vale a pena desfrutar da tranquilidade de São Chico.
Uma das suas principais atrações é uma livraria. Inaugurada em 2007 pela professora de história Luciana Olga Soares, 75, a Miragem (facebook.com/MiragemLivrariaByCesar/) tem três andares e suas escadarias lembram o universo de Harry Potter.

Reserve um bom tempo para percorrer cada seção. A proprietária se orgulha de vender livros raros e mantém, além de um sebo, uma sala dedicada à literatura e à música folclórica do Rio Grande do Sul. 
Um pátio dá acesso ao salão histórico, cuja fachada reproduz a do Banco Nacional do Commercio da cidade, de 1918. Dentro, fotos contam a história de São Chico.

A visita termina no Bistrô Capitão Chaves, anexo, onde as cervejas artesanais e a torta de chocolate 70% com recheio de musse de alpino (R$ 15 a fatia) são os chamarizes.

O Lago São Bernardo é o grande ponto de encontro do lugar. Moradores jogam conversa fora às suas margens, com cuias de chimarrão nas mãos, enquanto, nos jardins, turistas descansam de caminhadas e passeios de bike. As ruas planas são especialmente boas para pedalar.

São Francisco de Paula é o destino de quem busca calma e hospedagem charmosa, seja em família, seja a dois.

Integrante do grupo de hotéis Roteiros de Charme (roteirosdecharme.com.br), a Pousada do Engenho (pousadadoengenho.com.br) tem 15 cabanas de madeira com hidromassagem e lareira (diárias para casal de R$ 830 a R$ 2900, com café da manhã). A privacidade é total, e crianças não são aceitas.

É possível agendar massagem a dois, banhos de ofurô e até uma refeição romântica em uma casinha encarapitada no alto de uma árvore (R$ 420 para dois, com três pratos, velas, pétalas de rosas e música).
O restaurante da pousada, Casa de Babette, recebe não hóspedes e faz um ótimo tortéi de abóbora, massa típica gaúcha servida sob molho de tomate e especiarias (R$ 70).

Para famílias, uma alternativa é o centenário Parador Hampel (paradorhampel.com), resgatado do abandono pelo chef Marcos Livi (diárias para casal de R$ 360 a R$ 630, com café da manhã). Parte das suítes, recém-reformadas, ocupa uma construção de madeira com 120 anos

Cachoeira, lago e um jardim garantem a diversão dos pequenos, além de oficinas de lavoura e aulas de culinária.

Para adultos, há cavalgadas guiadas pelas propriedades rurais da região, mas a grande atração é a gastronomia.

Dono de casas de sucesso em São Paulo como o bar Verissimo e a pizzaria Napoli Centrale, Livi comanda o restaurante do parador e serve à gaúcha, ao ar livre, sob uma araucária. A costela assada por 12 horas vai ao prato com aipim, gel de abóbora, farofa de mate e molho rôti (R$ 54).

Não convém descer a serra sem antes conhecer Três Coroas, cidade a 32 km de São Francisco de Paula.
 Lá fica o templo budista tibetano Chagdud Gonpa Khadro Ling (templobudista.org), bem preparado para receber turistas. Aberto a visitação de quarta a domingo (grátis), tem cafeteria e lojinha de presentes relacionados ao budismo.

Fundado pelo lama tibetano da linha vajraiana Chagdud Tulku Rinpoche (1930-2002), o templo é o primeiro da América Latina erguido conforme a arquitetura tradicional dessa cultura.

Diariamente, centenas de lamparinas são acesas como oferenda de luz para dispersar obstáculos —quem quiser pedir algo em benefício próprio pode escrever o desejo em um papel e depositar na urna, junto com uma contribuição de R$ 2,50.

Fique atento ao horário de funcionamento: o lugar fecha para almoço, das 11h30 às 14h. Nesse intervalo, aproveite para descer até o centro de Três Coroas e almoçar no Espaço Tibet (espacotibet.com.br).

O dono, Ogyen Shak, é um tibetano que trabalhava como pintor no templo budista de Cotia (SP) quando foi convidado para fazer os ornamentos no mosteiro de Três Coroas. Lá, conheceu a  brasileira Adriana Shak, então residente do templo. Casaram-se e abriram o restaurante.

 Vá sem pressa. Bom de papo, o proprietário e chef adora contar sua história de refugiado que deixou o Tibete a pé, pelo Himalaia. Um espaço anexo ao salão descreve a saga com textos e desenhos.

Não pense que o menu é vegetariano. Entre os pratos típicos há o “racha”: pernil de cordeiro que desfia ao toque do garfo, com molho de cravo, arroz flambado na manteiga com castanha-de-caju, batatas com ervas e cenoura caramelada (R$ 85,90).

Peça também uma porção de “ti momo” (R$ 14,90), pãozinho macio em forma de caracol, temperado com cúrcuma e ervas. Finalize com a sobremesa do chef, um inusitado doce de shimeji na manteiga com shoyu, acompanhado de chips de batata-doce e sorvete de creme (R$ 18,90).

Na despedida, prove o “pötcha” (R$ 9,90), chá quente de manteiga com o qual os tibetanos combatem o frio.

A jornalista viajou a convite da Pousada do Engenho


PACOTES

R$ 478
4 noites em Gramado, na Top Brasil (topbrasiltur.com.br)
Hospedagem em quarto duplo, com café da manhã. Sem passeios e sem passagem aérea. Inclui locação de veículo e seguro-viagem

R$ 632 
5 noites em São Francisco de Paulo, na Decolar (decolar.com
Hospedagem em quarto duplo, sem regime de alimentação. Não inclui passeios. 
Com passagem aérea a partir de São Paulo

R$ 772 
4 noites em Gramado, na Sem Fronteiras (semfronteiras.tur.br)
Hospedagem em quarto duplo, com café da manhã. Inclui passeio em Gramado e Canela e traslados. Com aéreo a partir de São Paulo

R$ 802 
5 noites em Gramado, na Decolar (decolar.com
Hospedagem em quarto duplo, com café da manhã. Sem passeios. Inclui passagem aérea a partir de São Paulo

R$ 870 
4 noites em Gramado, na CVC (cvc.com.br
Hospedagem em quarto duplo, com café da manhã. Inclui passeio pelos principais pontos de Gramado e Canela. Com passagem aérea a partir de São Paulo

R$ 914 
4 noites em Bento Gonçalves, na CVC (cvc.com.br)
Hospedagem em quarto duplo, com café da manhã. Inclui passeio pela cidade e traslados entre Porto Alegre e Bento Gonçalves. Com passagem aérea a partir de São Paulo 

R$ 992 
4 noites em Gramado, na Venice (veniceturismo.com.br)
Hospedagem em quarto duplo, com café da manhã. Inclui passeio em Nova Petrópolis e traslados. 
Sem passagem aérea

R$ 999 
3 noites em Gramado, na Flytour (flytour.com.br)
Saída em 28 de maio. Hospedagem em quarto duplo, com café da manhã. Inclui passeio em São Francisco de Paula. Com passagem aérea a partir de São Paulo e traslados

R$ 1.591 
4 noites em São Francisco de Paula, na Maringá Turismo (maringalazer.com.br)
Saída em 16 de setembro. Hospedagem em quarto duplo, com café da manhã. Inclui aluguel de carro. Com aéreo a partir de São Paulo

R$ 3.304 
5 noites em Gramado, no hotel Wish Serrano (wishserrano.com.br)
Pacote para o período de 21 a 26 de fevereiro. Hospedagem em quarto duplo, com café da manhã. Sem passeios e sem passagem aérea
 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.