Búzios investe em comida vegana para conquistar público urbano

Nas regiões metropolitanas de São Paulo e do Rio, 16% são adeptos desse tipo de dieta

Fernanda Calegaro
Búzios (RJ)

Surfando na onda do vegetarianismo no país, Búzios encontrou nesse tipo alimentação um jeito de movimentar a economia local.

Segundo pesquisa do Ibope de 2019, 14% da população brasileira se declara vegetariana. Nas regiões metropolitanas de São Paulo e do Rio, o número chega a 16% (o dobro da cifra auferida em pesquisa de 2012).

O Grão Culinária Vegetariana Natural é um bom exemplo do aumento da demanda na cidade: foi aberto há cinco anos como loja de produtos naturais e oferecia, em uma pequena lanchonete, salgados e doces vegetarianos.

A pedido dos clientes, incorporou refeições ao cardápio. Hoje, o Grão serve mais de cem pratos sem carne por dia.

“Temos um cardápio de almoço semanal, que varia de acordo com a sazonalidade dos alimentos. É sustentável, já que trabalhamos de acordo com a natureza e compramos de hortas orgânicas, pequenos produtores e agricultura familiar”, diz Silvana Cardoso, chef de cozinha e sócia do restaurante, ao lado da cineasta Elisa Treuherzm.

O acesso aos insumos foi a maior dificuldade enfrentada pelas sócias. Elisa explica que elas atraíram fornecedores à cidade e contribuíram para criar um novo estilo de gastronomia em Búzios.
“Trouxemos produtos que não encontrávamos na cidade. O tofu, buscávamos no Rio. Hoje, muitos restaurantes locais o inseriram no cardápio”, diz.

Outros restaurantes do tipo são o Guruveg, onde também há espaço para a prática de meditação, ioga e terapias holísticas, e o Vegano Carioca.

O pioneiro, o Samsara Empório e Restaurante, foi fundado em 1984 como loja de produtos indianos e funciona até hoje. O restaurante foi aberto em 1994.

Localizado na rua das Pedras, o empreendimento do italiano Paolo Sanvito oferece bufê por quilo no almoço. À noite, tem opções de pizza vegetariana, com fermentação natural, vegana e sem glúten, além de risotos e massas lactovegetarianos.

Fundamental para a onda vegetariana na cidade, a Feira Livre Periurbana de Búzios começou a funcionar em dezembro de 2014 com cinco bancas, que vendiam produtos de agricultura familiar. Hoje, são 103 produtores.

“Temos carência de produtos vegetarianos, e lá é possível achar itens orgânicos, que vêm de pequenas produções exclusivas”, diz Hamber Rabello de Carvalho, coordenador da feira.


PACOTES
 

R$ 154 
 3 noites em Cabo Frio, na Top Brasil Tur (topbrasiltur.com.br
Com café da manhã. Preço por pessoa. Sem aéreo

R$ 263 
2 noites em Búzios, na CVC (cvc.com.br
Com café da manhã e passeio de escuna. Preço para um casal (crianças de até 3 anos são cortesia se acomodadas na mesma cama dos pais). Não inclui passagens aéreas

R$ 423 
3 noites em Búzios, na New Age (newage.tur.br
Com café da manhã, city tour em Arraial do Cabo e seguro-viagem. Valor por pessoa. Sem passagens aéreas

R$ 714 
3 noites em São Pedro da Aldeia, na Maringá Turismo (maringalazer.com.br
Com café da manhã e locação de carro. Valor por pessoa. Com aéreo de SP ao Rio

R$ 900 
4 noites em Arraial do Cabo, na Abreu (abreutur.com.br
Inclui café da manhã. Pacote para o feriado do Dia do Trabalhador (30 de abril a 4 de maio). Por pessoa. Sem aéreo

R$ 1.959 
3 noites em Búzios, no Búzios Beach Resort (buziosbeachresort.com.br
Pensão completa para 2 adultos e 2 crianças (até 12 anos), entre 5 e 8 de abril. Sem aéreo

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.