Descrição de chapéu RFI

Basílica de São Pedro reabre para turistas com protocolo sanitário rígido

Reabertura segue medidas sanitárias da Itália e limita participação aos cultos

RFI

A Basílica de São Pedro, em Roma, vai reabrir para turistas a partir desta segunda-feira (18), segundo o Vaticano. Um protocolo sanitário de alta segurança foi instaurado para receber os visitantes.

A famosa praça de São Pedro foi fechada para os turistas há dois meses por conta do confinamento decretado pelo governo italiano para lutar contra o coronavírus. O país foi o mais afetado pela epidemia na Europa, com mais de 31.300 mortos. Desde o início da pandemia, o Vaticano decidiu aplicar as mesmas medidas sanitárias que a Itália.

Funcionário com trajes brancos, máscara e óculos para proteção contra vírus desinfeta chão de mármore da basílica
Equipe de limpeza desinfeta a Basília de São Pedro, no Vaticano - Yara Nardi /REUTERS

Nesta sexta-feira (15), uma equipe de limpeza desinfetou a basílica de 23 mil metros quadrados. Um agente em um veículo elétrico foi encarregado da limpeza do chão de mármore.

Segundo um responsável da direção sanitária do Vaticano, Andrea Arcangeli, os agentes pulverizaram uma solução a base de cloro diluído, dosada para não estragar as superfícies e os objetos de arte.

Debaixo da cúpula concebida por Michelangelo, por exemplo, funcionários com máscaras vaporizaram tudo o que poderia ter sido tocado pelos visitantes.

Nas missas, o maior santuário católico do mundo deve aplicar as mesmas regras determinadas pelo Ministério italiano do Interior, que limita a participação aos cultos a no máximo 200 pessoas em um local fechado. O lugar, que recebe mais de 5 milhões de turistas por ano, estava fechado desde o dia 10 de março.

Por enquanto, nenhuma cerimônia religiosa está prevista com o papa, nem no interior da basílica, capaz de receber 60 mil pessoas em tempo normal, nem ao ar livre na praça São Pedro.

Durante as missas, a distribuição das hóstias deverá seguir um protocolo: quem estiver celebrando o culto terá que desinfetar as mãos, colocar luvas e máscara de proteção, e jogar a hóstia na boca do fiel sem nenhum contato. Não haverá água benta e os participantes terão que se sentar a um metro uns dos dos outros.

Polícia vai regulamentar entrada

A partir desta segunda-feira (18), a polícia também vai fiscalizar as entradas na basílica de São Pedro, com a ajuda de voluntários da Ordem de Malta. O uso de câmeras térmicas para medir a temperatura dos visitantes será discutido, mas quando houver grandes festas religiosas.

O papa Francisco celebrará na segunda-feira uma missa confidencial que será transmitida por vídeo na basílica, diante do túmulo do papa João Paulo Segundo, em comemoração ao centésimo aniversário de seu nascimento.

As intervenções televisionadas acabam na terça-feira, depois de diversas discussões entre a cúpula da igreja católica e o governo italiano. A imagem do papa celebrando sozinho a missa de Páscoa na praça São Pedro marcou a crise mundial provocada pela pandemia.

O Vaticano ainda não informou quando haverá o retorno das tradicionais audiências de quarta-feira. Doze casos foram confirmados na Santa Sé, entre eles o de um religioso vivendo na mesma residência do papa.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.