Descrição de chapéu senado

A história da urna eletrônica

A invenção causou um rebuliço no sistema eleitoral do país

São Paulo

Nas eleições de 1996, uma novidade: em 57 cidades brasileiras, o voto seria feito não por papel, mas através de um equipamento eletrônico.

BRASÍLIA, DF - O TRE-DF (Tribunal Regional Eleitoral) realiza o teste e lacração das urnas eletrônicas que serão enviadas para votação no exterior. As urnas são testadas e carregadas com o cartão de memória que guarda os dados da votação, depois lacradas e guardadas para envio aos locais de votação fora do país (no caso de votação no exterior, ocorre apenas a votação para presidente). Foram lacradas hoje 680 urnas, que serão enviadas para 171 países, nos quais mais de 500 mil brasileiros estão aptos a votar. Os locais que receberão o maior número de urnas são Boston (46) e Miami (45), nos EUA. O procedimento foi feito no galpão do TRE-DF, em Brasília. - Pedro Ladeira - 19.set.2018/Folhapress

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.