A jornalista Gloria Maria

Protagonista de alguns dos melhores memes da internet, a jornalista Glória Maria tem uma longa carreira de sucessos. Conheça sua trajetória:

Glória Maria nasceu no Rio de Janeiro. É filha de alfaiate e de dona de casa. Ela não revela a idade

Estudou em colégios públicos, onde aprendeu latim, inglês e francês

Ela cursou Jornalismo na Pontifícia Universidade Católica (PUC - Rio) enquanto trabalhava como telefonista na Embratel

Em 1970 começou a trabalhar na Rádio Globo exercendo a função de rádio escuta

(rádio-escuta era uma função em que uma pessoa era responsável por levantar informações a partir das rádios de comunicação de polícias e bombeiros)

A estreia como repórter aconteceu em 1971, na cobertura do desabamento do Elevado Paulo de Frontin, no Rio de Janeiro

Trabalhou no Bom dia Rio, RJTV e Jornal Nacional

Glória Maria foi a primeira repórter a aparecer ao vivo durante o Jornal Nacional

Na ocasião, a lâmpada queimou e a repórter e o câmera precisaram fazer a transmissão ajoelhados, de frente ao farol do carro da equipe de reportagem

A partir de 1986, passa a integrar a equipe do Fantástico

Ela ficou conhecida fazendo reportagens de viagens a países distantes e pelas entrevistas com celebridades, como Michael Jackson, Madonna e Leonardo Di Caprio

Também cobriu a guerra das Malvinas (1982), a invasão da embaixada brasileira do Peru por um grupo terrorista (1996), os Jogos Olímpicos de Atlanta (1996) e a Copa do Mundo na França (1998)

Glória Maria é conhecida como "a mulher de estreias" na Globo. E foi quem fez a primeira transmissão em HD da televisão brasileira em 2007

De 2008 a 2010 ficou afastada das telas e fez viagens de voluntariado na Índia e Nigéria. Adotou duas meninas: Maria e Laura

Em 2010, retornou à Globo como parte da equipe do Globo Repórter, onde faz reportagens ao redor do mundo

As minhas filhas dizem: 'Mamãe, você não mora aqui . Você mora no avião'. Eu moro em casa, mas gosto do mundo. Eu gosto de viver no mundo, perdi a conta dos passaportes, devo ter uns 15 e já fui em 156 países.

Glória Maria, jornalista, em entrevista à Tatá Werneck no programa Lady Night em 2019

Desde setembro de 2019, Glória Maria divide a apresentação do Globo Repórter com a jornalista Sandra Annenberg

Em setembro de 2020, se envolveu em polêmica ao declarar que o "politicamente correto é um porre"

texto de uma matéria normal

Apesar das declarações, Glória é apontada como um dos nomes mais expoentes de representatividade negra no jornalismo brasileiro

Outra apresentadora brasileira que se tornou um ícone é Xuxa Meneghel. Conheça sua história:

TEXTOS

Rebeca Oliveira
F5/Folha

IMAGENS

Ricardo Borges, Gabriel Cabral, Luciana Whitaker, Marcus Leoni, Frederic Jean e Dadá Cardoso/Folhapress
Blad Meneghel
Divulgação/TV Globo
Instagram/gloriamariareal
Unsplash
Primer/Giphy

PRODUÇÃO DE WEB STORIES

Rebeca Oliveira