São Paulo, terça-feira, 30 de agosto de 2005

Texto Anterior | Próximo Texto | Índice

DESASTRE

Sobrevivente brasileiro quer voltar a voar

MARI TORTATO
DA AGÊNCIA FOLHA, EM CURITIBA

Wagner Roberto Andolfato de Sousa, 25, um dos brasileiros sobreviventes da queda de um avião no Peru, na terça-feira passada, disse ontem, em Curitiba, que pretende voltar a viajar de avião.
""Só tive a dimensão do desastre quando estava descendo do avião e vi muitos corpos mutilados. Graças a Deus que não vou ficar com seqüela física e não gostaria de alimentar uma seqüela psicológica, que não vai me trazer benefício nenhum", afirmou.
Foi a primeira entrevista no Brasil, após o retorno a Curitiba anteontem. Sousa foi internado no Hospital Evangélico, onde deve ficar por cerca de 14 dias para tratar das queimaduras de segundo grau no rosto, nos braços e nas mãos. O médico que o atende, Sérgio Lopes, disse que seu quadro é bom e que ele foi bem atendido no hospital de Lima.
Sousa tinha viajado ao Peru para 30 dias a trabalho. O avião que o levaria ao primeiro destino caiu na mata ao entrar numa zona de turbulência. Na queda, a aeronave se partiu e explodiu. Dos 91 passageiros e sete tripulantes, 38 pessoas morreram e três estão desaparecidas. Sousa foi um dos 58 sobreviventes.


Texto Anterior: Músicos não conseguem viajar para Nova Orleans
Próximo Texto: O dedo da Papa: Walesa diz que João Paulo 2 inspirou criação de sindicato
Índice



Copyright Empresa Folha da Manhã S/A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress.