São Paulo, quinta-feira, 07 de dezembro de 2000

Texto Anterior | Próximo Texto | Índice

PRECATÓRIOS

Diretor de banco nega ter havido irregularidades

DA SUCURSAL DO RIO

O diretor de operações e títulos públicos do Bradesco, Katsumi Kihara, negou ontem ter havido qualquer irregularidade na compra de títulos da dívida pública de Pernambuco e Santa Catarina.
Ele depôs ontem na 1 Vara Criminal Federal do Rio no processo que apura supostas irregularidades na emissão e negociação de títulos para financiar o pagamento de precatórios dos dois Estados. Kihara, que está sendo processado, considerou que a compra dos títulos foi absolutamente legal.


Texto Anterior: Panorâmica - Caso Marka: Ex-chefe do BC no Rio depõe e muda versão
Próximo Texto: Câmara: Imposto sobre grande fortuna passa em CCJ
Índice


Copyright Empresa Folha da Manhã S/A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress.