São Paulo, segunda-feira, 26 de setembro de 2005

Texto Anterior | Próximo Texto | Índice

VOLTA A VOLTA

Largada - Alonso mantém a ponta, seguido por Montoya. Pizzonia é tocado por Coulthard no S do Senna e bate. Os dois abandonam. Raikkonen ganha duas posições e pula para terceiro. Michael Schumacher é o quarto. Safety-car é acionado para retirar os carros de Pizzonia e Coulthard. Barrichello cai para nono. Massa, para décimo. Webber abandona

3 volta -Safety-car vai para os boxes. Montoya passa Alonso no fim da Reta Oposta e é líder

4 volta - Fisichella supera Michael Schumacher no S do Senna e sobe para terceiro

12 volta - Barrichello ataca Klien, o sétimo, mas não consegue passar. Massa faz o mesmo com Ralf Schumacher, o décimo

17 volta - Massa pára nos boxes e faz o primeiro reabastecimento: 9s6. Volta em 16 e penúltimo

22 volta - Alonso faz seu pit: 8s1. Retorna em sexto

23 volta - Fisichella e Barrichello reabastecem, voltando em oitavo e 11, respectivamente

28 volta - Montoya é o primeiro piloto da McLaren a parar nos boxes: 8s2, retornando em segundo. Raikkonen assume a liderança e crava a melhor volta da prova: 1min12s268

31 volta - O finlandês reabastece: 10s0, caindo para segundo, 1s4 atrás de Montoya. Alonso é terceiro

37 volta - Barrichello pressiona Button, seu futuro companheiro na BAR, em briga pelo sétimo lugar

44 volta - O ferrarista faz a ultrapassagem no S do Senna em manobra complicada

48 volta - Massa pára nos boxes e abre a segunda janela de pit stops. Demora 8s1 e volta em 13, perdendo uma posição

49 volta - Alonso reabastece: 7s6. Retorna em quinto

49 volta - Barrichello, o sexto, pára: 6s8. Retoma a prova em nono

54 volta - Montoya reabastece: 6s2. Volta em segundo. Raikkonen é o novo líder. Schumacher faz seu pit em 5s8 e cai de terceiro para quarto

58 volta - Monteiro abandona a prova com problemas no motor. É sua primeira quebra no ano

59 volta - Kimi pára pela última vez: 5s8. Cai para segundo, 0s9 atrás de Montoya

71 volta - Montoya vence, recebendo a bandeirada 2s5 à frente de Raikkonen. Alonso termina em terceiro lugar e é campeão. Barrichello cruza a linha de chegada em sexto. Felipe Massa, em 11


Texto Anterior: Raikkonen diz que título era questão de tempo
Próximo Texto: Automobilismo: Barrichello, "garotão", se despede em 6
Índice



Copyright Empresa Folha da Manhã S/A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress.