Ribeirão Preto, Domingo, 28 de Novembro de 2010

Texto Anterior | Próximo Texto | Índice | Comunicar Erros

FOCO

Shopping do Calçado amplia n de lojas e reformula perfil

DE RIBEIRÃO PRETO

Não é apenas na indústria que o mercado interno tem sido decisivo. O comércio também foca suas ações no consumidor que vai às compras neste fim de ano. De olho nesse potencial, o Shopping do Calçado de Franca investiu R$ 200 mil para reformular seu perfil e ampliar o número de lojas.
De acordo com o superintendente do shopping, Luciano Hannouche, o objetivo é tornar o centro de compras, que foi criado originalmente para reunir lojistas da área calçadista, mais diversificado para os clientes.
Para isso, segundo ele, foram abertos espaços voltados ao segmento de confecções, como roupas e lingerie.
Outro passo no rumo dessa diversificação é a criação de um espaço de aproximadamente 100 m2 voltado para a moda. "Será um espaço exclusivo para mostrarmos tendências da próxima estação e o que há de novo no mundo da moda, fornecendo informações para profissionais e consumidores", disse.
O número de lojas do shopping também aumentou. Segundo o superintendente, o centro de compras está com taxa de ocupação de 90% do total de 50 áreas para lojas existentes no local.
Esse percentual já inclui uma nova loja inaugurada na semana passada e outras três que devem abrir as portas no início de dezembro.
Para o período de fim de ano, Hannouche disse que é esperado um aumento de aproximadamente 20% nas vendas na comparação com o mesmo período do ano passado. Com isso, a meta é atingir 80 mil pares de calçados comercializados.
A boa expectativa de vendas é reforçada pela campanha promocional de fim de ano do shopping. Serão sorteados quatro televisores de plasma de 42 polegadas, um carro Peugeot 207 zero-quilômetro e uma viagem para Paris com acompanhante.
"Tudo isso é porque estamos contando muito com essa situação positiva vivida pelo Brasil", afirmou.
Para o ano que vem, de acordo com o superintendente, o centro de compras planeja ampliar sua área de vendas, aumentando o número de lojas e abrindo mais espaço para outros segmentos, como o de alimentação.


Texto Anterior: Indústria calçadista tem maior n de empregados em 13 anos
Próximo Texto: Empresa monta laboratório de R$ 15 mi para turbinas
Índice | Comunicar Erros



Copyright Empresa Folha da Manhã S/A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress.