São Paulo, quinta-feira, 14 de março de 2002

Texto Anterior | Próximo Texto | Índice

RIO

Filho de juíza é alvo de atentado
O funcionário da Assembléia Legislativa do Espírito Santo, Cláudio Cisne Cid, 31, foi vítima de uma tentativa de assassinato na noite de anteontem, quando seu carro foi atingido por um tiro na BR-101, entre Cachoeiro do Itapemirim e Mimoso do Sul. Cid é filho da juíza Maria Helena Cisne Cid, que, na função de corregedora-geral do Tribunal Regional Federal da 2 Região, foi responsável pelo relatório que deu início às investigações do Superior Tribunal de Justiça sobre um suposto esquema de corrupção envolvendo juízes do tribunal. Cid contou que o Versailles que dirigia foi abordado, às 21h, por um Gol. Um homem disparou contra seu carro, mas o tiro não o atingiu. (DA SUCURSAL DO RIO)


Texto Anterior: No ar - Nelson de Sá: Contra o Maranhão
Próximo Texto: Celso Pinto: Estados e estatais: o fim do milagre fiscal
Índice


Copyright Empresa Folha da Manhã S/A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress.