UOL


São Paulo, terça-feira, 20 de maio de 2003

Texto Anterior | Próximo Texto | Índice

Tiroteio fecha Linha Amarela

DA SUCURSAL DO RIO

Um tiroteio entre traficantes rivais do complexo de favelas da Maré (zona norte do Rio) provocou o fechamento por cerca de 20 minutos de um trecho de 1 km da Linha Amarela (via expressa que liga as zonas norte e oeste da cidade) na noite de ontem.
O confronto começou por volta das 19h. A troca de tiros ocorreu entre quadrilhas inimigas da favela Vila do João e do morro do Timbau.
Um carro do Getam (Grupamento Especial Tático-Móvel da Polícia Militar) entrou no complexo da Maré e ficou no meio do tiroteio. Outras unidades da corporação foram chamadas para prestar apoio.
Por precaução, a Polícia Militar decidiu interromper o tráfego na pista sentido ilha do Fundão da via expressa.
A Linha Amarela ficou fechada entre 20h40 e 21h. O trânsito foi desviado para a avenida Brasil e liberado depois que a troca de tiros acabou.
Até a conclusão desta edição, não havia sido divulgada nenhuma informação a respeito do possível número de feridos ou mortos no confronto.

Fim de aliança
Os tiroteios no complexo de favelas da Maré têm sido constantes depois que os dois principais líderes do narcotráfico na região, Paulo César Silva dos Santos, o Linho, e Ney Conceição Cruz, o Facão, romperam a aliança. (MARIO HUGO MONKEN)


Texto Anterior: Rio: Polícia tem 3 versão para crime na Estácio
Próximo Texto: Presídios: Especialistas querem pena alternativa
Índice


UOL
Copyright Empresa Folha da Manhã S/A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress.