São Paulo, quinta-feira, 29 de julho de 2004

Texto Anterior | Próximo Texto | Índice

POLÍCIA

Mano Brown paga fiança, é solto e chora

DO "AGORA"

Detido pela Polícia Militar acusado de desobediência e resistência à prisão na tarde de anteontem, Mano Brown, 34, nome artístico de Pedro Paulo Soares Pereira, líder do grupo de rap Racionais MC's, foi solto do 92 DP, zona sul, após pagar fiança de R$ 60.
O rapper ficou detido das 18h30 de anteontem até a 1h20 de ontem. Ao sair, foi recebido por cerca de 50 pessoas, entre fãs, amigos e colegas de banda. Cumprimentando um por um, Mano Brown agradeceu a todos e chorou.
Nas primeiras horas em que esteve preso, mais de cem pessoas foram à delegacia apoiá-lo, entre as quais o deputado estadual Vicente Cândido (PT), o deputado federal Turco Loco (PSDB) e o senador Eduardo Suplicy (PT), que abandonou a exibição do premiado documentário "Fahrenheit 9/ 11", contra o governo dos EUA, para defender Brown.
Suplicy contou ao delegado Guilherme Mariano de Brito que já fez várias palestras com Mano Brown em unidades da Febem, e que o músico sempre procurou passar aos jovens uma mensagem boa, de distância das drogas e do crime. No bolso do casaco de DJ Nel, 38, que acompanhava Brown, os PMs encontraram uma ponta de cigarro de maconha, que continha 0,1 g da droga.
Para o senador, os policiais podem ter tido uma "atitude abusiva" quando prenderam Brown, em razão das letras de suas músicas, que fazem críticas à polícia.
Os policiais negam. Dizem que o músico foi preso por não obedecer à ordem para parar seu Golf preto em uma abordagem de rotina. À Polícia Civil, os PMs declararam que Brown e o amigo estavam em "atitude suspeita". O Golf do rapper tem filmes nos vidros.
Os carro foi seguido até o condomínio onde mora Brown, que teria recebido os policiais com xingamentos, dizendo que não poderiam prendê-lo em casa, e reagido à revista a socos.


Texto Anterior: Empresa responsável por limpeza de aeroporto contratou traficantes
Próximo Texto: Ibirapuera: Conselho ameaça embargar garagens
Índice



Copyright Empresa Folha da Manhã S/A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress.