São Paulo, segunda-feira, 23 de outubro de 2006

Texto Anterior | Próximo Texto | Índice

BULGÁRIA

Ex-comunista e nacionalista vão a 2 turno

DA REDAÇÃO

O atual presidente da Bulgária, Georgi Parvanov, venceu o primeiro turno das eleições de ontem, mas enfrentará em segundo turno o representante da direita nacionalista, Volen Siderov, no dia 29 de outubro. Segundo projeções de institutos de pesquisa, Parvanov, do Partido Socialista (ex-comunista), teve 60% dos votos, contra 20% de Siderov, mas não pôde ser eleito porque apenas 38% dos eleitores compareceram às urnas -a legislação exige comparecimento mínimo de 50% dos eleitores.
Durante seu mandato, Parvanov defendeu o ingresso do país na Otan, a aliança militar ocidental, e na União Européia (o que acontecerá em 1 de janeiro). Com metade dos seus 7,8 milhões de habitantes abaixo da linha de pobreza de 2 por dia, a Bulgária tem passado por reformas econômicas para se adaptar às regras do bloco. Hoje, a principal crítica da UE ao país é de ser brando no combate à corrupção.


Texto Anterior: Hungria: Presidente pede unidade ao abrir comemorações por 1956
Próximo Texto: Itália: Prodi defende ajuste e culpa Berlusconi
Índice



Copyright Empresa Folha da Manhã S/A. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress.