Publicidade
Publicidade
Publicidade

Novo Polo valoriza a segurança e preza pelo baixo consumo

"Novo Polo, tudo de melhor está aqui." Esse foi o slogan usado pela Volkswagen em 2002, quando o compacto chegou pela primeira vez ao Brasil. Na época, a montadora alemã tinha a soberba dos líderes: o Gol era o carro mais vendido do país.

O Polo que retorna agora ao mercado está completamente diferente, e a empresa quer mostrar que também mudou. A frase "uma nova Volkswagen" foi sempre utilizada por David Powels, presidente da fabricante no Brasil e na América do Sul, nas apresentações do hatch.

O modelo, que chega às lojas em novembro, não tem o impacto visual do exibido em 2002, quando a identidade era marcada pelos faróis duplos e redondos. Cabe dizer que a ousadia não caiu no gosto do público, e as vendas ficaram abaixo do esperado.

A dianteira do Polo 2018 é sóbria: remete a modelos nobres da marca, como Golf e Passat. Porém, a traseira tem o mesmo estilo do Gol. Isso cria uma ilusão de ótica: o carro parece maior de frente.

"As pessoas querem ser altas e magras, e os carros devem ser baixos e largos", diz José Carlos Pavone, gerente-executivo de design da Volkswagen na América do Sul.

Enquanto a apresentação envolve desenho e acabamento, o Polo parece ser um carro sem grande apelo. As impressões começam a mudar ao se falar de segurança.

Equipado de série com quatro airbags e construído sobre a plataforma mais atual usada hoje pela Volks, o hatch obteve cinco estrelas nos testes de colisão feitos pelo Latin NCAP (organização que avalia veículos).

Os engenheiros exibem com orgulho os carros que passaram pelas batidas. A estrutura da cabine permanece íntegra após pancadas a cerca de 50 km/h. Foram usados aços ultrarresistentes na estrutura do carro para aumentar a proteção aos ocupantes.

Após as apresentações, chega o momento de dirigir o Polo. A versão escolhida é a 1.0 TSI, equipada com motor turbo de 128 cv. O preço começa em R$ 65,2 mil.

O volante pode ser regulado em altura e profundidade. Nessa versão, a posição do motorista é certamente a melhor entre os compactos.

O Polo TSI é sempre equipado com câmbio automático de seis marchas. O conjunto preza pelo baixo consumo: após percorrer trechos de cidade e estrada, o computador de bordo exibia a média de 15,4 km/l com gasolina.

Em breve, as medições completas serão feitas pelo Instituto Mauá de Tecnologia. Neste primeiro encontro, foi possível apenas obter dados de desempenho. O Polo turbinado vai de zero a 100 km/h em 10,9s. É um resultado melhor que o obtido pelo concorrente Argo 1.8 Precision, que usa o mesmo câmbio automático: 12,1s com gasolina.

No uso, o Polo se destaca pelo silêncio ao rodar e a disposição nas retomadas. Os comandos estão ao alcance de olhos e mãos, e o painel pode ser 100% digital na versão Highline 1.0 TSI.

O contato com as versões mais simples, equipadas com motores 1.0 de três cilindros sem turbo de 84 cv (R$ 50 mil) e 1.6 flex de 120 cv (R$ 55 mil), foi decepcionante. Embora tenham o mesmo nível de segurança da versão TSI, o acabamento é mais simples e o volante não traz nenhum tipo de regulagem.

Os problemas tornam-se menores diante da proteção oferecida aos ocupantes, algo ainda raro entre os carros compactos nacionais. Contudo, essa característica ainda é pouco valorizada.

Segundo pesquisa feita pela J.D. Power em parceria com o portal iCarros, do banco Itaú, o item segurança é apenas o oitavo citado por consumidores brasileiros que pretendem comprar um carro nos próximos seis meses. Na frente estão qualidade percebida, preço, design, reputação da marca e custo de manutenção, entre outros.

"A preocupação com segurança não aparece entre os cinco pontos mais citados pelos consumidores em nenhuma das regiões do país", afirma Fabio Braga, diretor de operações da J.D. Power do Brasil.

FICHA TÉCNICA

VOLKSWAGEN POLO TSI

MOTOR dianteiro, turbo, flex, 999 cm³
POTÊNCIA 128 cv (e) 115 cv (g) a 5.500 rpm
TORQUE 20,4 kgfm (e/g) a 2.000 rpm
CÂMBIO automático, seis marchas
PORTA-MALAS 300 litros
PESO 1.147 kg
COMPRIMENTO 4,06 m
ALTURA 1,47 m
LARGURA 1,75 m
ENTRE-EIXOS 2,57 m
PNEUS 185/65 R15 (versão Comfortline) e 195/55 R16 (versão Highline)
ACELERAÇÃO (0 a 100 km/h) 10,8s (g)
RETOMADA (80 a 120 km/h) 7,7s (g)

Publicidade
Publicidade
Publicidade