Publicidade
Publicidade
Publicidade

Aprenda a replantar orquídeas para garantir que fiquem sempre floridas

Para começar o próprio orquidário, não é preciso grandes investimentos –materiais simples e um pouco de atenção resolvem.

"O segredo é recriar a condição em que a flor é encontrada na natureza, normalmente em cima de árvores, explica José Carlos Cavalin, diretor do Círculo Paulista de Orquidófilos e dono de uma coleção com mais de mil exemplares.

Giovanni Bello/Folhapress
Orquídea híbrida LC Guiomar Albanesi
Orquídea híbrida LC Guiomar Albanesi

Na tarde deste sábado (26), ele deu uma oficina sobre o tema na 15ª Exposição de Orquídeas e Bromélias do Shopping Garden Tatuapé, na zona leste de São Paulo. O evento termina neste domingo.

Antes de investir nas espécies raras, ele recomenda começar cultivando as decorativas, como a orquídea borboleta ou a chuva-de-ouro.

Vale anotar qual é a espécie e quando a planta foi comprada para observar o tempo de floração. Ela pode acontecer até três vezes no ano.

As orquídeas podem ser cultivadas dentro ou fora de casa, desde que sejam colocadas em lugares com pouca luminosidade. Também não é necessário regá-las com frequência: duas ou três vezes por semana são suficientes.

Quando as raízes começam a sair do vaso, está na hora de transferi-las para um maior. Para isso, a planta deve estar no período de dormência –um mês depois de todas as flores caírem. Veja abaixo três passos para fazer o replantio.

*

VASO
Forre o vaso com três centímetros de pedras para evitar o acúmulo de água. O recipiente pode ser feito de argila, que facilita a drenagem, ou de plástico, que é mais leve. Os furos das laterais também evitam que o vaso fique encharcado

Giovanni Bello/Folhapress
Vaso de argila com furos nas laterais e pedras no fundo
Vaso de argila com furos nas laterais e pedras no fundo

SUBSTRATO
Coloque um pouco de substrato de casca de pinus com carvão –o suficiente para cobrir as pedras. Como o material acumula água, é necessário fazer o replantio a cada dois anos. Em geral, só use terra para espécies terrestres

Giovanni Bello/Folhapress
Substrato de casca de pinus com carvão
Substrato de casca de pinus com carvão

FINALIZAÇÃO
Limpe as raízes secas da planta e a coloque encostada na lateral do vaso. Desse modo, os bulbos, que são as estruturas que sustentam as flores, ganham espaço para crescer. Preencha o topo do recipiente com mais substrato

Giovanni Bello/Folhapress
Orquídea chuva de ouro em período de dormência
Orquídea chuva de ouro em período de dormência
Publicidade
Publicidade
Publicidade
DFP -->