Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
24/11/2005 - 11h17

Confiança na economia da Alemanha registra queda em novembro

Publicidade

VINICIUS ALBUQUERQUE
da Folha Online

A confiança na economia da Alemanha caiu em novembro, com o setor varejista respondendo pelo maior declínio, apesar dos sinais de recuperação, segundo pesquisa mensal do Instituto de Pesquisa Econômica alemão (Ifo) divulgada nesta quinta-feira.

O índice do instituto registrou queda, indo para 97,8 pontos neste mês, contra os 98,8 pontos (dado revisado) referentes a outubro. Foi o primeiro recuo em três meses na confiança e o segundo sinal negativo divulgado nos últimos dias.

Na semana passada, o instituto de pesquisa ZEW (sigla em alemão para Centro Europeu de Pesquisas Econômicas), apontou uma queda para 38,7 pontos neste mês, contra os 39,4 pontos de outubro, devido ao fraco desempenho da demanda doméstica e à incerteza sobre a política econômica sob o governo da chanceler alemã, Angela Merkel.

Mesmo com o resultado fraco, o presidente do instituto Ifo, Hans-Werner Sinn, disse que a maior economia da Europa continua a mostrar sinais de recuperação econômica moderada.

"No setor varejista, o clima para negócios piorou notavelmente em novembro, com avaliações céticas tanto sobre o cenário atual como daqui a seis meses", disse Sinn, acrescentando ainda que o setor manufatureiro está "menos satisfeito com a atual situação".

Sinn lembra, no entanto, que as expectativas para as exportações continuam positivas, refletindo o crescimento de 1,3% da economia alemã no terceiro trimestre, divulgado na última semana, impulsionado por um crescimento sustentado das exportações.

Com agências internacionais

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre a confiança na economia da Alemanha
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página