Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
31/08/2007 - 14h23

Assembléia aprova lei que proíbe celular em sala de aula em SP

Publicidade

da Folha Online

A Assembléia Legislativa de São Paulo aprovou terça-feira (28) projeto de lei que proíbe o uso de celular em sala de aula em estabelecimentos de ensino de todo o Estado.

A lei ainda depende de sanção do governador José Serra (PSDB) e passa a valer 90 dias após sua publicação.

O autor do projeto, deputado Orlando Morando (PSDB), disse esperar que o governador sancione a lei sem questionamento. "Equipamentos como celular, MP3 e iPod desviam a atenção do aluno em sala de aula, quando ela deve estar 100% direcionada aos estudos, na fixação do aprendizado", diz Morando, ao justificar seu projeto.

O uso do celular em sala de aula já tem restrição na maioria das escolas. Mas é cada vez maior o número de estudantes com acesso a aparelhos.

O diretor pedagógico do Colégio Bandeirantes, Pedro Fregoneze, diz que mesmo sem lei já existe um acordo tácito de proibição entre professor e aluno. "O aluno sabe que o celular atrapalha a aula e ele próprio".

No Bandeirantes, por exemplo, celular acionado em sala de aula é confiscado e só devolvido ao final. As reincidências são informadas aos pais, segundo Fregoneze.

O diretor diz que a maioria dos 2.700 alunos de classe média que freqüentam o colégio tem celular, mas que os casos de uso indevido são raros.

Acompanhe as notícias em seu celular: digite wap.folha.com.br

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Smart TV Smart TV Diversas ofertas a partir de R$ 856,11

Notebook Notebook Trabalhe, estude, jogue, a partir de R$ 769,00

Celulares | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página