Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
14/01/2006 - 10h06

Ricky Martin causa polêmica ao falar sobre sexo

Publicidade

da France Presse, em Miami

O cantor porto-riquenho Ricky Martin respondeu indignado à polêmica surgida em seu país por uma entrevista concedida a uma revista americana, na qual fala de suas preferências sexuais e diz gostar da "golden shower" (ato de urinar em outra pessoa durante o sexo).

As declarações de Martin provocaram reações negativas em Porto Rico, onde líderes conservadores pediram ao cantor que renuncie a sua Fundação, que oferece ajuda educacional, de saúde e justiça social a crianças do mundo inteiro.

Na entrevista à "Blender", em que falou de sua vida sexual, Martin revelou gostar da "golden shower". "Fiz antes do banho. É tão sexy, sabe, a temperatura do seu corpo e da água é tão diferente", acrescentou.

Martin se referiu ao tema em uma carta divulgada nesta sexta-feira na imprensa porto-riquenha. "No momento de conceder entrevistas, nunca passa pela minha cabeça que minhas expressões possam nos levar a uma discussão política absurda que chegue ao sensacionalismo", lamentou.

"O único responsável pelas minhas expressões sou eu... Um homem de 34 anos que todos os dias aprende e evolui. Embora meu nome seja Ricky Martin e minha vida seja um livro de especulações, de conjecturas, lembrem-se de que, antes de tudo, sou um filho, um irmão, um tio, um amigo e um porto-riquenho", acrescentou.

O cantor falou ainda da "covardia" dos que lhe pediram para renunciar a sua Fundação. "Não posso permitir que, amparados em minha condição de figura pública, sejam afetados aqueles por quem trabalhamos", frisou, acrescentando "exijo respeito com minha Fundação e nosso trabalho".

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre Ricky Martin
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página