Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
24/02/2006 - 15h26

Bono está entre os 191 candidatos ao Nobel da Paz

Publicidade

da France Presse, em Oslo

Um total de 191 candidatos --168 pessoas e 23 organizações--, entre eles os roqueiros Bono e Bob Geldof, disputam o Prêmio Nobel da Paz 2006, anunciou nesta sexta-feira o Instituto Nobel.

"Recebemos candidaturas cuja procedência é cada vez mais ampla do ponto de vista geográfico", declarou o diretor Geir Lundestad. O número total esse ano é ligeiramente inferior ao recorde de 199 registrado em 2005.

Apesar de ser tradição o sigilo da lista, alguns nomes "vazaram", como o ex-presidente finlandês Martti Ahtisaari, mediador de vários processos de paz e atualmente enviado especial da ONU em Kosovo, assim como estrelas pop como Bono e Bob Geldof, que há anos lutam em defesa dos países pobres.

Os nomes do ex-secretário de Estado americano Colin Powell e do técnico nuclear israelense Mordejai Vanunu também são citados como possíveis candidatos.

Entre os vencedores do Nobel da Paz estão o ex-presidente norte-americano Theodore Roosevelt, em 1906, por organizar um tratado de paz entre a Rússia e o Japão, e Martin Luther King em 1964, por sua campanha pelos direitos civis.

A madre Teresa, a missionária indiana, ganhou o prêmio em 1979, e o ex-presidente russo Mikhail Gorbachev, em 1990, por ajudar a pôr fim à Guerra Fria. O Comitê Internacional da Cruz Vermelha ganhou o Nobel três vezes em 1917, 1945 e 1963.

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre Bono
  • Leia o que já foi publicado sobre Nobel da Paz
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página