Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
25/12/2006 - 08h34

"Pai do soul", James Brown morre aos 73 anos nos EUA

Publicidade

da Folha Online

O lendário cantor norte-americano James Brown morreu nesta segunda-feira (25), aos 73 anos, num hospital de Atlanta (EUA). Considerado o "pai do soul", Brown morreu à 1h45 (4h45 de Brasília) no Emory Crawford Long Hospital, onde estava internado desde ontem em conseqüência de uma pneumonia.

O empresário de Brown, Frank Copsidas, disse que o cantor não tinha sido internado na unidade de terapia intensiva e que ainda não sabia exatamente a causa de sua morte.

Arquivo/Efe
James Brown em julho de 1981, durante o Festival de Jazz de Montreux (Suíça)<BR>
James Brown em julho de 1981, durante o Festival de Jazz de Montreux (Suíça)
Seu amigo e companheiro de trajetória musical Charles Bobbit estava junto ao cantor no momento de sua morte, disse o empresário.

Referência na música

Famoso pela voz imponente e por seus frenéticos movimentos, Brown se tornou conhecido por sucessos como 'I Got You (I Feel Good)', 'Papa's Got a Brand New Bag', 'Please Please Please' e 'Living in América'.

Sua forma de cantar e dançar a música soul o tornou um dos músicos americanos com maior influência nas décadas de 50 e 60 junto a nomes como Elvis Presley e Bob Dylan. Ele é considerado não só o pai do soul mas também uma importante referência na criação de estilos como o rap, o funk e a música disco.

Mick Jagger, Michael Jackson e David Bowie, entre outros, já reconheceram várias vezes ter tido Brown como inspiração. Durante cerca de 50 anos de carreira, Brown gravou mais de 800 canções e teve 17 canções que chegaram ao topo da parada segundo o ranking da revista "Billboard".

Perfil

James Joseph Brown Jr. nasceu na pequena cidade de Barnwell (Carolina do Sul) em 3 de maio de 1933, durante a Grande Depressão. Quando criança, colheu algodão, dançou para ganhar trocados nas ruas e engraxou sapatos.

Aos 16 anos, foi condenado por roubo e mandado para um reformatório juvenil, onde permaneceu por três anos. Durante o período de detenção, encontrou o amigo Bobby Byrd, que tinha um grupo gospel e lhe ensinou muito sobre música.

Brown ainda chegou a investir nas carreiras de boxeador e de jogador de baseball, mas uma contusão na perna colocou-o definitivamente no caminho da black music.

Com Bobby Byrd, montou em meados da década de 50 um grupo de música gospel chamado "The Famous Flames". Em 1956 a banda gravou o primeiro hit, "Please Please Please".

O sucesso nacional só veio em 1962, quando Brown pagou do próprio bolso para gravar o disco ao vivo "Live at the Apollo", no Apollo Theater, em Nova York.

Com roupas extravagantes, estilo inconfundível e a energia das performances que lhe valeram apelidos como "Soul Brother Number One" e "Mr. Dynamite", Brown gravou então uma série de hits que influenciaram toda uma geração e mudaram o caminho da música negra americana.

Em 1965, gravou dois de seus maiores sucessos "Papa's Got a Brand New Bag" e "I Got You (I Feel Good)". Ao mesmo tempo, teve importante participação no cenário político americano, principalmente na defesa dos direitos do negros e pobres.

Sobre a temática racial, gravou "Say It Loud - I'm Black and I'm Proud", entre outras músicas que lhe tornaram bastante popular entre os negros.

No início da década de 70 gravou outro de seus maiores hits, "Sex Machine", e produziu álbuns de músicos e amigos. Em 1974, Brown fez um concerto inesquecível no Zaire como parte da programação da luta entre Muhammad Ali e George Foreman pelo título mundial de boxe dos pesos pesados.

Na segunda metade da década de 70 fez álbuns não tão bem-sucedidos. Na década de 80, reapareceu no cinema com participações em filmes como "Blues Brothers" e "Rocky 4" e no seriado "Miami Vice".

Em 1985, com o hit "Living in America", voltou ao topo das paradas de sucesso.

Durante as décadas de 90 e 2000, foi preso diversas vezes por posse de drogas e dirigir em alta velocidade. Fez shows em vários países do mundo neste ano e já tinha apresentações programadas para 2007.

Com agências internacionais

Leia mais
  • Veja discografia de James Brown, morto aos 73
  • Veja galeria de fotos do cantor James Brown

    Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre James Brown
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Geladeiras Geladeiras Frost Free, Duplex, a partir de R$ 862,20

    TV TV LED, 3D, FULL HD e Smart a partir de R$ 399,90

    Home Theater | Tênis | Mais...

    Voltar ao topo da página