Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
29/07/2003 - 17h24

Eletropaulo testa acesso à internet por rede elétrica

Publicidade

FERNANDA K. ÂNGELO
da Folha Online

Já imaginou ligar o computador na tomada e automaticamente tê-lo conectado à internet? É essa a proposta da nova tecnologia PLC (Power Line Communication) que a AES Eletropaulo está testando durante a Brasiltec 2003, evento que acontece esta semana no Expo Center Norte, em São Paulo.

Uma rede baseada na PLC está em demonstração no Prédio Inteligente. O prédio de 3.500 m2 foi construído especificamente para a Brasiltec 2003.

A nova tecnologia de comunicação por rede elétrica foi desenvolvida em parceria com a EBA (Enterprise Buenos Aires) e ainda está em fase de estudo, segundo Victor Kodja, diretor de clientes coorporativos da Eletropaulo.

Kodja explicou que atualmente, a PLC pode ser usada apenas em redes internas, e depende de estruturas externas de terceiros.

Embora ainda não haja nenhum modelo de negócios definido, o serviço deve ser oferecido em parceria com as operadoras de telecomunicações e provedores de internet. "A Eletropaulo não tem nenhum interesse em se transforma em um provedor de internet", assegurou Kodja.

A Eletropaulo cuidará da replicação de sinal, que se dará por modems instalados em postes de energia elétrica.

Segundo o Kodja, atualmente a rede em teste tem capacidade de transferência de dados e voz de 45 mbps (megabits por segundo). Em um ano, essa capacidade chegará a 200 mbps e, dentro de dois a três anos, a PLC estará disponível comercialmente.

Kodja explica que a PLC tem diversas outras aplicações, incluindo, evidentemente, a distribuição de energia, com recursos de medição e comandos remotos.

Brasiltec 2003

Entre as inovações que serão apresentadas pela Eletropaulo também estão a célula a combustível, protótipo desenvolvido em parceria com a Electrocell e a USP (Universidade de São Paulo); o sistema de medição integrada, que mede o consumo de água, gás e energia elétrica em um mesmo equipamento; e o SGE (Sistema de Gerenciamento de Energia), que viabiliza o acesso a dados de consumo via internet.
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página