Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
17/04/2002 - 04h42

Crítica: Enterrando "achismos"

Publicidade

da Folha Online

Usabilidade -palavra que ainda não consta do Aurélio- é a medida da facilidade, eficiência e satisfação com que interagimos com determinadas coisas. Um site com boa usabilidade é aquele que carrega rápido, é intuitivo -sabemos o que fazer sem nunca ter parado para pensar nisso- e no qual conseguimos fazer o que desejamos sem surpresas: ler uma notícia, ver o horóscopo do dia, fazer uma busca ou comprar uma geladeira.

Em "Homepage: Usabilidade", Jakob Nielsen e Marie Tahir estudam os problemas de usabilidade das páginas iniciais de 50 sites.

O número parece pequeno, mas as home pages escolhidas são de sites que estão entre os mais visitados da internet, pertencem a órgãos governamentais importantes ou a grandes empresas, quase todos dos Estados Unidos.

As decisões de design e usabilidade tomadas pelos responsáveis por esses sites -e também seus erros- se refletem em muitos outros.

Os autores são estudiosos da interação entre computadores e humanos desde a época em que a interface com o usuário era pouco mais que uma tela preta e um enigmático "C:". E Nielsen, autor de vários outros livros sobre usabilidade, é considerado referência na área.

Na primeira parte do livro, Nielsen e Tahir apresentam 113 diretrizes para a boa usabilidade, refletindo a visão dos autores das boas práticas adotadas pela maior parte dos 50 sites.

Logo depois, uma surpresa agradável: a análise estatística dos elementos estruturais das páginas. É uma ajuda enorme na hora de decidir o que deve e o que não deve ir para a página principal de um site. Que tamanho deve ter o logotipo? Onde coloco a caixa de busca? E o mapa do site? Devo usar imagens animadas para tentar atrair a atenção dos usuários? Os números que a análise revela ajudam a enterrar "achismos" e preconceitos que aparecem na hora de criar um site.

Na segunda e maior parte, está a análise das reproduções das home pages. Desmontada a página, os autores questionam a colocação e o uso de cada uma das peças e a adequação às diretrizes. Os comentários são curtos e sugerem mudanças para aumentar a usabilidade.

Para quem já tem noções de usabilidade na web, é um alívio dar um banho de prática na teoria. Quem ainda não tinha ouvido falar do assunto pode usar o livro como uma introdução à usabilidade.

O papel de boa qualidade e as páginas coloridas ajudam a justificar o preço salgado. Dá para imaginar gente colocando o livro na mesa de centro da sala.

HOMEPAGE: USABILIDADE - 50 WEBSITES DESCONSTRUÍDOS
Autores:
Jakob Nielsen e Marie Tahir
Editora: Campus (tel. 0800-26-5340, www.campus.com.br); 336 págs; R$ 119
Na internet - www.useit.com/homepageusability

Leia também:

  • Crítica: Enterrando "achismos"
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Geladeiras Geladeiras Frost Free, Duplex, a partir de R$ 862,20

    Notebook Notebook Trabalhe, estude, jogue, a partir de R$ 769,00

    Celulares | Tênis | Mais...

    Voltar ao topo da página