Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
27/09/2005 - 13h19

Ministra alemã da Agricultura renuncia para liderar os Verdes

Publicidade

da Efe, em Berlim

A ministra alemã da Agricultura, Renate Künast, anunciou nesta terça-feira que renuncia a seu cargo no governo com o propósito de assumir a liderança do grupo parlamentar dos Verdes na oposição.

Künast divulgou sua decisão imediatamente depois de ser escolhida como chefe dos 51 deputados que os Verdes terão no novo Parlamento, em uma liderança com o ex-chefe dessa formação, Fritz Kuhn.

A titular de Agricultura disse, além disso, que já comunicou seu pedido ao chanceler Gerhard Schröder.

Künast não estabeleceu a data em que pensa tornar efetiva sua saída do governo, embora tenha dito que esperava que isso ocorra "em breve".

A ministra disse que sua decisão está baseada em "razões de clareza" política, já que "cada um tem que saber em que cargo está trabalhando", o que não é possível se você está no governo e, ao mesmo tempo, dirigindo um grupo da oposição.

Espera-se que Künast participe ainda como ministra do próximo Conselho de Ministros, que ocorrerá nesta quarta-feira. Segundo a imprensa alemã, suas funções ministeriais serão assumidas por seu companheiro de partido e titular de Meio Ambiente, Jürgen Trittin.

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre Renate Künast
  • Leia o que já foi publicado sobre Gerhard Schröder
  • Leia o que já foi publicado sobre Angela Merkel
  • Leia cobertura completa sobre as eleições na Alemanha
  • Leia o que já foi publicado sobre as eleições legislativas alemãs
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página