Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
15/07/2005 - 23h35

Universitária morre após ser atingida por linha com cerol em SP

Publicidade

da Agência Folha

A estudante de fisioterapia Emília Figueiredo de Oliveira, 25, morreu nesta sexta-feira após ser atingida no pescoço por uma linha de pipa com cerol, em São Vicente, no litoral de São Paulo.

Oliveira pilotava uma motocicleta pela avenida das Nações Unidas, no Parque Bitaru, quando a linha atingiu seu pescoço.

A universitária chegou a ser levada pelo resgate do 3º Subgrupamento do Corpo de Bombeiros ao Centro de Referência em Emergência e Internação, mas não resistiu ao ferimento que quase a decapitou.

O cabo Antonio Marcos, que atendeu a ocorrência, afirmou que a estudante entrou em estado de choque ao sofrer o acidente. "Ela teve uma parada cardiorrespiratória", disse.

Segundo o cabo, acidentes com linhas com cerol são freqüentes nos meses de férias escolares. Ele mesmo, que tem duas motocicletas, já foi ferido na perna ao se deparar com um fio cortante.

"Não permito que meus filhos empinem pipa com cerol. Isso é conscientização que vem de casa."

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre cerol
  • Leia o que já foi publicado sobre mortes de motoqueiros
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página