Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
02/10/2006 - 20h24

Justiça manda apreender passaportes de pilotos do Legacy

Publicidade

da Folha Online

O juiz Thiago Souza Nogueira e Abreu, da 2ª Vara de Peixoto de Azevedo, determinou nesta segunda-feira a apreensão dos passaportes dos dois pilotos americanos do jato Legacy que colidiu com o Boeing 737/800 da Gol, que caiu na sexta-feira (29).

Segundo ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso, Jan Paul Paladino e Joseph Lepore terão os documentos apreendidos até nova decisão judicial. "Até o momento há várias hipóteses a serem consideradas acerca do acidente, não estando descartada a possível falha cometida pelos pilotos do táxi aéreo", disse o juiz.

O Boeing caiu depois de bater no ar em um jato Legacy que conseguiu pousar em uma base aérea no Pará. De acordo com as descrições dos militares, o avião caiu de nariz e está coberto pela copa das árvores.

Como o local da queda é de difícil acesso, uma clareira precisou ser aberta para que os militares descessem em pára-quedas. Árvores de até 40 metros tiveram que ser cortadas. Os militares estudam outros meios de acesso, com o apoio de líderes indígenas da região.

Nesta segunda-feira, a Aeronáutica encontrou a caixa-preta do avião, que deverá ser analisada pela equipe que investiga o caso. O comando das buscas na área do acidente anunciou nesta segunda-feira ter encontrado mais corpos no local, mas não informou quantos. As buscas se estendem por cerca de 20 quilômetros quadrados.

Leia mais
  • Erramos: "Justiça manda apreender passaportes de pilotos do Legacy"

    Especial
  • Leia a cobertura completa sobre o võo 1907
  • Leia o que já foi publicado sobre acidentes aéreos
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Geladeiras Geladeiras Frost Free, Duplex, a partir de R$ 862,20

    Notebook Notebook Trabalhe, estude, jogue, a partir de R$ 769,00

    Celulares | Tênis | Mais...

    Voltar ao topo da página