Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
22/11/2006 - 11h21

Atlas aponta natalidade maior que a média em favelas da Grande SP

Publicidade

da Folha Online

O atlas com o perfil socioeconômico da região metropolitana de São Paulo que será lançado no próximo dia 24 pelo governo estadual mostrará que, em favelas, a taxa de natalidade é maior que a média, conforme adiantou a colunista da Folha de S.Paulo Mônica Bergamo na edição desta quarta-feira.

De acordo com o levantamento, a taxa de natalidade média na Grande São Paulo é de 1,65 filho por mulher, enquanto nas favelas o número chega a 5,21. No total, há 2.979 favelas na região, e 1,8 milhão de pessoas morando em barracos.

O perfil revela ainda que a cidade de São Paulo, que ocupa um milésimo do território nacional, concentra 26% do PIB. "Na região metropolitana, a renda per capita de Santana do Parnaíba, onde fica Alphaville, por exemplo, é de US$ 15 mil/ano, enquanto a de Ferraz de Vasconcelos, de US$ 300/ano", afirma Bergamo em sua coluna.

O governador Cláudio Lembo afirma que o atlas registrará avanços no Estado. "O Brasil está sempre melhorando, pois as coisas já são tão ruins que piorar é impossível", disse, ainda de acordo com a colunista.

Leia mais
  • Inquérito vai investigar obra no Incor DF
  • Suposto criminoso morre em tiroteio com a polícia na Grande SP
  • Assembléia aprova indenização a policiais mortos em ataques em SP
  • Equipes retomam buscas a dois homens na floresta amazônica

    Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre taxas de natalidade
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    TV LED TV LED Smart, HDMI, Full HD a partir de R$ 899,90

    Geladeira Geladeira Side By Side, Duplex, Frost Free a partir de R$ 849,00

    Home Theater | Tênis | Mais...

    Voltar ao topo da página