Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
27/04/2007 - 10h09

Depois de bater recorde, congestionamento em SP começa a cair

Publicidade

da Folha Online

Os congestionamentos registrados pela CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) em São Paulo começaram a cair, às 10h desta sexta-feira. Havia 133 km de trânsito parado na cidade enquanto a média era de 75 km. Mais cedo, às 9h30, o trânsito chegou a somar 166 km para uma média de 94 km --foi o maior congestionamento registrado em períodos da manhã na cidade, desde o começo deste ano. Os problemas são reflexo da chuva.

De acordo com a CET, às 10h, o motorista encontrava quase 12 km de congestionamento na pista expressa da marginal Tietê, sentido Castello Branco. Na marginal Pinheiros, também no sentido Castello Branco, havia mais 7 km de lentidão.

Segundo o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências) da prefeitura, a chuva deixou três pontos de alagamento na cidade. Dois deles estavam na avenida Robert Kennedy --na altura da rua Judith Santos Rosatti e na altura da avenida Alcindo Ferreira-- e um na avenida José Pinheiro Borges, sentido centro, na altura da rua Doutor Aureliano Barreiros.

Os transtornos causados pela chuva começaram às 6h40, quando o CGE colocou as regiões sul, sudeste e da marginal Pinheiros em estado de atenção devido ao risco de que a chuva forte provocasse alagamentos. Em menos de uma hora, as regiões central, leste e da marginal Tietê também foram colocadas sob alerta.

O estado de atenção é o segundo de uma escala de quatro estágios, que passa por observação, atenção, alerta e alerta máximo. O alerta só foi suspenso às 8h05.

Congonhas

Outro transtorno provocado pelo temporal foi o fechamento do aeroporto de Congonhas, que fica na zona sul de São Paulo, das 6h29 às 7h14, segundo a Infraero (estatal que administra os aeroportos). Conforme dados da empresa, às 8h, havia cinco pousos atrasados em mais de duas horas e oito em ao menos meia hora. Entre as decolagens, 14 estavam atrasadas em mais de duas horas e cinco em ao menos meia hora.

Desde fevereiro passado, o aeroporto de Congonhas --um dos mais movimentados do país-- fica totalmente fechado quando chove forte.

Feriado

Estimativas da CET apontam que 1,3 milhão de carros deixarão São Paulo nesta sexta-feira por ocasião do feriado prolongado do Dia do Trabalho, comemorado terça-feira (1º). A frota total de veículos da cidade é de 5,8 milhões de carros.

Segundo a CET, os piores horários para pegar estrada são das 14h às 22h desta sexta e das 8h às 13h de sábado (28). A volta deve ser evitada entre as 14h e as 22h de terça (1º) e das 8h às 13h de quarta (2).

Leia mais
  • Prefeitura suspende rodízio em SP no feriado de 1º de Maio
  • Ruas do Rio têm tráfego intenso nesta sexta-feira
  • Temporal fecha Congonhas por quase uma hora e provoca atrasos
  • Folha Explica mostra a beleza caótica de São Paulo

    Especial
  • Confira o índice UV
  • Leia sobre o tempo na Folha Online
  • Escolha um destino para viajar no site de turismo da Folha Online
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página