Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
07/06/2006 - 16h42

Beber cerveja é o consolo do perna-de-pau, diz estudo

Publicidade

da Folha de S.Paulo

Um estudo britânico sobre saúde e masculinidade aponta que jovens que não jogam futebol ou fazem algum outro esporte de contato podem buscar se sentir "durões" bebendo seis ou 12 latas de cerveja durante uma partida.

Os pesquisadores, que fizeram longas entrevistas com 31 jovens de 18 a 21 anos de várias classes sociais e etnias, descobriram que o homem pode usar um comportamento tipicamente masculino para compensar a ausência de outro.

"Por exemplo, um homem que não tem confiança nas suas habilidades esportivas pode tentar consertar isso bebendo em excesso", disse o chefe da equipe de pesquisa, Richard de Visser, da Universidade Sussex.

O objetivo do estudo é observar "como o homem ativamente constrói uma identidade masculina por meio de comportamentos saudáveis ou não saudáveis".

"Há uma variedade de modos de ser masculino e outros tantos para o homem testar e demonstrar sua masculinidade, alguns deles saudáveis, como praticar esportes, e outros não, como beber em excesso, se arriscar", afirmou De Visser.

A pesquisa também descobriu que o homem pode usar o fato de ter crédito em determinada área de atuação masculina para resistir à pressão de ter que se envolver em outra. "Um bom esportista pode ser capaz de resistir à pressão para beber ou beber excessivamente," disse De Visser.

Com agências internacionais

Especial
  • Leia cobertura completa da Copa do Mundo-2006
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página