Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
02/07/2002 - 12h03

Corpo de Bombeiros se sente desonrado pelo trio elétrico da AmBev

Publicidade

RICARDO MIGNONE
SANDRA MANFRINI
da Folha Online, em Brasília

No Brasil, chegada de seleção campeã tem que ter desfile com a taça no caminhão de bombeiros. Já virou uma tradição.

Mas hoje, no Dia do Bombeiro, a CBF acabou colocando os interesses comerciais da seleção pentacampeã à frente da tradição.

O desfile pelas ruas de Brasília não está sendo feito no caminhão que os bombeiros prepararam e decoraram especialmente para a cerimônia.

Ao invés disso, os jogadores se dividiram entre o trio elétrico da cantora Ivete Sangalo e outro caminhão, ambos decorados com faixas publicitárias da cerveja Brahma, marca da AmBev, principal patrocinadora da CBF.

Segundo a assessoria de imprensa da AmBev, foram os próprios jogadores que optaram por subir no trio elétrico, para ir cantando e festejando.

Os bombeiros de Brasília levaram à Base Aérea um caminhão histórico da corporação, o mesmo que transportou as seleções nos desfiles após as conquistas do tri, em 1970, e do tetra, em 1994.

Oficiais graduados do Corpo de Bombeiros da capital federal que estão no Palácio do Planalto para participar do cerimonial de condecoração dos jogadores ficaram revoltados com a decisão da CBF.

Segundo eles, no mundo inteiro, as seleções são homenageadas e desfilam em caminhões dos Bombeiros, e, aqui no Brasil, justamente no Dia do Bombeiro, esta desfeita foi o agradecimento que a seleção fez aos serviços que a corporação presta à sociedade.

O dia 2 de julho é o Dia do Bombeiro porque há exatos 146 anos foi criada a primeira corporação do Corpo de Bombeiros do Brasil.

Outro lado
A empresa diz que preparou dois trios elétricos para o desfile. A taça e os jogadores deveriam ir com os bombeiros, na sequência seguiria o trio com Ivete Sangalo e o segundo caminhão da AmBev transportaria a comissão técnica.

Mas quando os jogadores mais festeiros _como Ronaldinho, Vampeta, Juninho e Edílson_ viram o trio elétrico, preferiram subir ao lado da cantora baiana.

Os demais não quiseram se separar da comissão técnica e todos subiram no segundo carro da empresa, deixando o caminhão dos bombeiros sem passageiros.

Leia também:

  • Confira como foi passo a passo o desfile da seleção em Brasília

  • Saiba qual será o roteiro dos pentacampeões em São Paulo

  • Saiba qual será o roteiro dos pentacampeões no Rio

  • FHC diz que a seleção é responsável pela maior festa de seu mandato

  • Seleção vê a maior festa de recepção da história em Brasília

  • Seleção brasileira transforma Palácio do Planalto no Pelourinho

  • Festa brasileira é destacada por jornais de vários países

  • Cidade natal de Polga prepara festa para o zagueiro

  • Parentes de jogadores sofrem assédio de torcedores

  • Postos médicos já atendem pelo menos 60 pessoas em tumulto

  • Bombeiros entram em atrito com trio elétrico pela seleção

  • Chegada da seleção congestiona celulares em Brasília

  • Desfile da seleção suspende rodízio de veículos em SP

  • Corpo de Bombeiros se sente desonrado pelo trio elétrico da AmBev


  • Vote: Foi uma desonra para os bombeiros?

    Leia mais: Copa do Mundo-2002
     

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página