Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
18/02/2006 - 20h01

Ataque funciona, São Paulo goleia e assume liderança do Paulista-06

Publicidade

da Folha Online

O poderia ofensivo tão elogiado pelo técnico Muricy Ramalho voltou a funcionar, e o São Paulo goleou o Paulista por 5 a 1, neste sábado, no Pacaembu, pela décima rodada do Campeonato Paulista. O resultado coloca o time na liderança provisória e com o ataque mais positivo do Estadual.

Atual campeão, o São Paulo, que acumula sete jogos invictos --cinco triunfos e dois empates--, chegou aos 20 pontos, um a mais que o Noroeste, que iniciou a rodada em primeiro lugar e joga no domingo contra o Marília, em casa.

Ao longo da semana, Muricy Ramalho chegou a afirmar que sua equipe estava apresentando o melhor futebol da competição. Deve ter deixado o Pacaembu com mais uma boa impressão. Com toques rápidos e muita velocidade, o São Paulo envolveu o time de Jundiaí durante todo o jogo.

Como ocorreu nas últimas partidas, o poderio ofensivo foi o destaque do time. Em apenas 30 minutos de jogo, já ganhava por 3 a 1. Com os gols marcados neste sábado, disparou como o ataque mais positivo da competição, com 27 gols.

O São Paulo volta a jogar pelo Paulista-06 na próxima quarta-feira (22) contra o Mogi Mirim, no ABC paulista. No mesmo dia, o Paulista, que continua com 14 pontos, enfrenta o Guarani, em Campinas.

O jogo

Com eficiência nos ataques e forte marcação, o São Paulo praticamente anulou o adversário. A estratégia de apostar na velocidade de seus jogadores deu resultado logo aos 12min. O meia Danilo recebeu lançamento de Souza e fez um golaço chutando de primeira.

Por alguns minutos o São Paulo demonstrou estar desligado do jogo. Foi nesse período que o time sofreu o gol de empate, aos 26min. Nivaldo subiu mais alto do que a defesa e cabeceou para o fundo da rede são-paulina.

Entretanto, não deu tempo para torcida do Paulista, que foi em bom número ao Pacaembu, comemorar. Um minuto depois, Souza aproveitou rebote do goleiro Rafael e colocou novamente o São Paulo à frente do marcador.

A partir daí, a equipe de Muricy Ramalho mandou no jogo. Alex Dias teve duas oportunidades. Na primeira, aos 27min, tabelou com Josué, mas errou na finalização. Três minutos depois, recebeu do companheiro Thiago Ribeiro e, livre na área, apenas tocou para o gol de Rafael.

O segundo tempo foi semelhante. O São Paulo desperdiçou algumas oportunidades, com Alex Dias, aos 3min, e Thiago, aos 7min, e Junior, aos 17min.

De tanto pressionar, chegou ao quarto gol. Danilo tentou cruzar e a bola bateu no braço do Nivaldo --pênalti. Rogério Ceni cobrou e ampliou aos 24min.

O quinto também não demorou a sair. Aos 28min, Alex Dias dividiu dentro da área com Douglas, que empurrou para o próprio gol. O juiz Élcio Paschoal, entretanto, deu gol para o são-paulino.

Especial
  • Leia o que já foi publicado sobre o São Paulo
  • Leia mais notícias no especial do Campeonato Paulista-2006
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página