Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
17/12/2007 - 08h02

Religião dos candidatos domina corrida nos EUA

Publicidade

da Folha Online

A religião dos candidatos deve ser um fator importante na corrida presidencial nos Estados Unidos, de acordo com matéria do enviado especial da Folha de S.Paulo a Des Moines (Iowa), Sérgio Dávila, (íntegra disponível para assinantes do UOL e do jornal) nesta segunda-feira (17).

Segundo a matéria da Folha, dos ouvidos pela Princeton Survey Research Associates International, 46% disseram que a religião do candidato é importante ou muito importante.

Ainda de acordo com a reportagem, que também cita pesquisa recente do Pew Research Center, 25% dos eleitores republicanos ouvidos disseram que não votariam em um mórmon.

O número é reforçado quando o alvo são os eleitores de Iowa, que ganham importância no início do ano porque o Estado é o primeiro a escolher candidatos, em 3 de janeiro.

"Pesquisa após pesquisa mostra que a maioria dos americanos quer alguém religioso no comando da Casa Branca", diz John Green, diretor do Pew Research Center.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página