Saltar para o conteúdo principal Saltar para o menu
 
 

Lista de textos do jornal de hoje Navegue por editoria

Cotidiano

  • Tamanho da Letra  
  • Comunicar Erros  
  • Imprimir  

Presídio do MA tem 2 mortes em 12 horas

No ano passado, prisão teve 59 assassinatos

DANIEL CARVALHO DE RECIFE

O Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís (MA), registrou ontem duas mortes de presos em menos de 12 horas.

Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária, Josivaldo Pinheiro Lindoso, 35, que estava no local havia dois dias, foi estrangulado durante a madrugada.

Já Sildener Pinheiro Martins, 19, foi assassinado a chuçadas (ferido com instrumento pontiagudo) após uma briga entre presos.

Os crimes são investigados.

Superlotado, o complexo tem capacidade para 1.700 homens, mas abriga 2.500. Só no ano passado, 59 detentos foram assassinados no local --três deles decapitados numa rebelião em dezembro.

Relatório do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) aponta Pedrinhas como uma penitenciária violenta, que registra cenas como estupros de mulheres de presos.

A gestão Roseana Sarney (PMDB) diz que uma série de medidas está sendo desenvolvida para "devolver a normalidade ao sistema prisional".

Mas o juiz Douglas Martins, do CNJ, concluiu em relatório que o governo tem sido "incapaz" de coibir a violência.


Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Smart TV Smart TV Diversas ofertas a partir de R$ 856,11

Notebook Notebook Trabalhe, estude, jogue, a partir de R$ 769,00

Celulares | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página