Saltar para o conteúdo principal Saltar para o menu
 
 

Lista de textos do jornal de hoje Navegue por editoria

Ilustrada

  • Tamanho da Letra  
  • Comunicar Erros  
  • Imprimir  

Crítica - Política

Rodrigo Constantino ataca as contradições da esquerda

RICARDO MIOTO DE SÃO PAULO

Após "Privatize Já", livro de título autoexplicativo, o economista carioca Rodrigo Constantino ataca as contradições da esquerda em "Esquerda Caviar" (Record).

Ele critica, por exemplo, a tolerância ao autoritarismo "pela causa", o culto ao multiculturalismo e a dependência de uma militância jovem e, até por isso, inocente.

Sobre os jovens, aliás, Constantino questiona o malabarismo mental de quem, para soar moderno, defende que um menor é maduro para optar por mudar de sexo, mas não por se responsabilizar pelos crimes que comete.

O livro é repleto de citações, de Paulo Francis à escritora Ayn Rand. O texto é leve, informal. Trata-se, porém, de pregação para convertidos.

Não se busca a ponderação. Exclamações criam um tom de discurso, e notas indicando as fontes das informações seriam bem-vindas.

Apesar disso, e salvo algum exagero --sobra até para os Beatles, hedonistas e drogados--, o saldo é um bom contraponto conservador ao pensamento de esquerda das universidades e da cena cultural.


Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página