Saltar para o conteúdo principal Saltar para o menu
 
 

Lista de textos do jornal de hoje Navegue por editoria

Ribeirão

  • Tamanho da Letra  
  • Comunicar Erros  
  • Imprimir  

Crime em Mococa

Menina de 8 anos não queria mais morar com padrasto, diz delegado

DE RIBEIRÃO PRETO - A menina Íris Cardoso, 8, encontrada morta a facadas no último sábado, em Mococa (a 262 km de São Paulo), não queria mais morar com seu padrasto, o trabalhador rural Sebastião Carlos Rodrigues, 27. Ele e a mãe da garota estão presos.

Uma irmã de Íris de 12 anos foi ouvida ontem e, segundo o delegado Wanderley Fernandes Martins Júnior, confirmou o histórico de violência do padrasto. A menina ainda disse que ela e as irmãs já não queriam morar na mesma casa com ele e a mãe, porque Rodrigues era muito violento.

O corpo de Íris foi achado com roupas limpas e sem marcas de sangue em um terreno perto da casa da família.

Mãe e padrasto estão presos e negam envolvimento com o crime. Eles não têm advogado.

A irmã de Íris confirmou ainda que, entre a noite de sexta-feira (3) e a manhã de sábado, a menina estava sozinha na casa com a mãe, Ana Paula Milani, 36, e o padrasto.

As declarações não devem contar como depoimento no inquérito, já que ela é menor, mas podem colaborar com o perfil dos suspeitos que está sendo traçado pela polícia.


Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Smart TV Smart TV Diversas ofertas a partir de R$ 856,11

Notebook Notebook Trabalhe, estude, jogue, a partir de R$ 769,00

Celulares | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página