Shakira é denunciada à Procuradoria espanhola por suposto crime fiscal

Crédito: Ruben Sprich-16.jan.2017/Reuters
A cantora colombiana Shakira

DE SÃO PAULO
DA AFP

A Agência Tributária Espanhola denunciou a cantora colombiana Shakira, 40, ao Ministério Público do país por um suposto crime fiscal entre 2011 e 2014. A cantora é casada com o jogador do Barcelona, Gerard Piqué, com que tem dois filhos, Milan e Sasha.

De acordo com o jornal espanhol "La Vanguardia", a denúncia foi enviada no final do ano passado à Procuradoria. Para a agência, a cantora deveria ter declarado seus rendimentos durante todo esse período como residente da Espanha. Agora, o Ministério Público deve decidir se concorda com a agência e apresentar uma denúncia formal contra a cantora.

Segundo a agência, Shakira deveria ter declarado às autoridades fiscais espanholas a maior parte de seus rendimentos no mundo entre 2011 e 2014 e, ao não fazê-lo, teria incorrido em um crime que pode ser punido com dois anos de prisão.

Pessoas próximas à cantora, segundo o jornal, afirmam que Shakira sempre cumpriu com as suas obrigações tributárias e que ela está disposta a enfrentar as "consequências econômicas das discrepâncias técnicas com a agência do Tesouro". "É uma diferença de critério, não de ocultação fiscal", disseram fontes ouvidas pelo "La Vanguardia".

De acordo com as fontes, durante vários dos anos referentes à inspeção, Shakira não tinha casa própria em Barcelona e, em 2013, teve seu primeiro filho com Piqué.

Também indicam que, nesse intervalo, a artista recebia grande parte de sua renda de suas turnês mundiais, que a obrigavam a ficar a maior parte do ano fora da Espanha. Nesse sentido, afirmam, não teria cumprido no país o mínimo de 183 dias que a obrigaria a ter sua residência fiscal na Espanha.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.